PAINEL 2020 – Pacto pela Infraestrutura Nacional e Eficiência Logística

blank

Google News

Pelo sexto ano consecutivo, o Instituto Besc de Humanidades e Economia promove o PAINEL – Pacto pela Infraestrutura Nacional e Eficiência Logística. Durante a próxima terça e quarta-feira, o congresso, por meio de debates, repercute o atual cenário nacional dos transportes sob a perspectiva logística. Em virtude da pandemia de corona vírus, o evento, pela primeira vez, será realizado de maneira virtual e online, com transmissão de todas as atividades pelo Youtube. O objetivo é elucidar análises técnicas para detectar deficiências e encontrar as melhores alternativas estratégicas para a mobilidade.

A Política Nacional de Transportes em vigor indica uma postura de racionalidade e gestão de recursos para se atingir um modelo de infraestrutura capaz de assegurar confiança, segurança, sustentabilidade e excelência. O PAINEL traz à tona a dimensão do nível dos componentes inseridos no campo da locomoção, considerando o âmbito político. A argumentação das exposições que serão apresentadas retrata o estado que se encontram as ferrovias, rodovias, terminais aéreos, hidrovias e portos. A partir da assimilação das particularidades do transporte terrestre, aéreo e aquático, soluções podem ser formuladas para prover uma matriz viária acessível e de elevado padrão.

A alta expectativa para as discussões está atrelada ao currículo de excelência dos gestores que participarão da agenda. A presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, engradece ainda mais a conferência. Responsável por repaginar o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, o ex-diretor executivo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, o DNIT, foi escolhido com presidente de honra da solenidade da edição 2020. Ele enobrecerá a programação com um discurso na abertura da solenidade. Um dos prováveis pontos a ser mencionado será o novo Código de Trânsito Brasileiro, sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro no mês de outubro.

A necessidade do aprimoramento da integração de um país continental associado ao compromisso cidadão do estado com a redução da disparidade das realidades entre as regiões internas embasam o viés das visões a serem proferidas.  Além de figuras notáveis do setor público, o PAINEL repercute os anseios das empresas privadas. Os desafios para o crescimento econômico do mercado logístico abarcam também o propósito das mesas-redondas. A pretensão dos diálogos passa por estabelecer uma leitura horizontal e ampla, que aborde as complexidades do panorama da infraestrutura brasileira. As temáticas das sessões são as seguintes:

Infraestrutura Logística

Navegação: Cabotagem, Hidrovias e Portos

Distribuição e Operações Logísticas

Impactos no Transporte Aéreo

 

O PAINEL possui linha editorial condizente com o estímulo responsável do desenvolvimento econômico. O Instituto Besc de Humanidades e Economia acredita que, somente com o incentivo ao conhecimento, é possível construir metodologias inovadoras que impactem positivamente o cotidiano da sociedade brasileira.

Serviço

Evento: PAINEL – Pacto pela Infraestrutura Nacional e Eficiência Logística

Assunto: Ciclo de seminários sobre os cenários do transporte e da logística no país
Quando: Dias 17 e 18 de novembro (terça-feira das 09h às 14h e na quarta-feira das 09 às 13h)

Onde: Transmissão pelo Youtube, no canal do Instituto Besc de Humanidades e Economia.

 

Agenda discriminada

Programação do dia 17/11

 

Sessão 01 – Infraestrutura Logística -9h

O fomento do estado no aperfeiçoamento das condições estruturais que envolvem mobilidade interfere diretamente no fluxo logístico de cargas e de passageiros. A execução acertada decisões de investimento nos modais de transporte elevam a otimização do escoamento da produção brasileira, além de elevar a segurança dos usuários.

Para refletir sobre o assunto, a mesa redonda terá os seguintes componentes:

Mediador: Vicente Abate é presidente da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária – Abifer. O executivo também ocupa cargo na diretoria de Relações Corporativas da Greenbier Maxion e da AmstedMaxion.

Palestrante: Natália Marcassa de Souza presta serviço para o Ministério da Infraestrutura. Como secretária de Fomento, Planejamento e Parcerias, no momento, ela tem se debruçado sobre o projeto de concessão da rodovia São Paulo – Rio de Janeiro. A ex-diretora da Agência Nacional de Transportes Terrestres, a ANTT, acompanhou de perto o processo de reestruturação da pasta destinada aos cuidados relativos ao transporte. Não por acaso, vai apresentar a palestra relativa às “Parcerias 2020/2021 – Resultados e Perspectivas”.

Palestrante: Thiago Costa Monteiro Caldeira é o secretário de Parcerias em Transportes do Ministério da Economia. Quando atuou na coordenação-geral de Políticas Regulatórias da Secretaria Nacional de Aviação Civil, o doutor em economia pela Universidade de Brasília trabalhou na estruturação de concessões de aeroportos e em políticas para promoção do mercado de transporte aéreo. No PAINEL, ele vai abordar, justamente, a questão “Possíveis Devolução de Concessão”.

Palestrante: Marco Aurélio Barcelos está à frente da Associação Brasileira de Concessionária de Rodovias, a ABCR. O presidente executivo da organização prestou serviços na Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da Presidência da República, durante o governo de Michel Temer. O professor explanará sobre “A Contribuição do Setor de Concessões de Rodovias para o Desenvolvimento da Infraestrutura do Brasil”.

Palestrante: Maira Regina Malhadas está locada na Gerência Nacional de Desestatização, Parcerias e Serviços Especiais da Caixa Econômica Federal, como gerente executiva. Atuando na área de engenharia urbana e políticas públicas, a engenheira civil de formação fará considerações acerca do direcionamento de “PPPs e novos investimentos”.

 

Cerimônia oficial  – 11h

O evento está agendado para ter início às 9h do dia 17, terça-feira. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, presidente de honra do PAINEL 2020, fará discurso na abertura dos trabalhos do simpósio.

Em seguida, Tatiana Thomé de Oliveira, vice-presidente do Governo da Caixa Econômica Federal, pontuará circunstâncias acerca do planejamento e ações futuras do banco estatal.

Diretor de Assuntos Institucionais e Governamentais da Scania Latin America, Gustavo Bonini, contextualizará a situação do setor privado de transportes no Brasil.

E Jussara Ribeiro, presidente do Instituto Besc de Humanidades e Economia, dará as boas-vindas aos participantes, convidados, patrocinadores e aos internautas sintonizados na conferência.

 

Sessão 02 – Navegação: Cabotagem, Hidrovias e Portos -12h

A proposta do Programa de Incentivo à Cabotagem encaminhada pelo Governo Federal ao Congresso Nacional pretende ampliar o transporte marítimo de cabotagem na costa brasileira. O Ministério da Infraestrutura espera que após as eleições municipais a “BR do Mar” seja aprovada. As articulações para que o legislativo vote a favor é alta, já que instituições como a Associação Nacional dos Usuários do Transporte de Carga – Anut, Gerdau, Usiminas, Raízen e JBS apoiam a iniciativa.

O painel terá os seguintes participantes:

Mediador: Luís Fernando Resano é o diretor-executivo da Associação Brasileira de Armadores de Cabotagem, a ABAC. Com vasta vivência no mercado logístico marítimo, ele já foi representante brasileiro na Organização Marítima Internacional.

Palestrante: Diogo Piloni e Silva atua no Ministério da Infraestrutura exercendo a função de Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários.  Hoje, o ex-secretário do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República trabalha para aumentar a governança e flexibilidade para investimentos privados nos portos de Santos e São Sebastião. O engenheiro civil falará da necessidade da “Perspectivas para o Transporte Aquaviário no Brasil”.

Palestrante: Dino Antunes Dias Batista é o diretor do Departamento de Navegação e Hidrovias do Ministério da Infraestrutura. Suas atribuições são relacionadas à busca por parcerias com a iniciativa de desenvolver portos e a marinha marcante. As considerações do participante serão sobre as previsões do setor com o “Novo Marco Regulatório para a Navegação de Cabotagem (BR do Mar)”.

Palestrante: Karoline Brasileiro Quirino Lemos compõe os cargos de liderança do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, o DNIT. Ela é diretora de Infraestrutura Aquaviária e lida diretamente com as condições estruturais das hidrovias. A engenheira civil vai abordar a “Evolução e Projetos em Andamento para as Hidrovias”.

Palestrante: Thiago Rodrigues trabalha na GTD Solution no cargo de gerente de produto. Com vários anos de experiência internacional em serviços de tecnologia, ele defende uma integração entre exportadores, linhas de navegação, profissionais portuários e transporte terrestre para promover uma cadeia de comércio inovadora. Ele apresenta a palestra “Plataforma que Auxilia a Desburocratização: Tradelens”.

 

Programação do dia 18/11

 

Sessão 03 – Distribuição e Operações Logísticas – 9h

Uma logística eficaz reduz desperdícios e consegue desenvolver atividades que valorizam o produto. Por isso, os conceitos de economicidade e competitividade são fundamentais para o fluxo de mobilidade atingir o melhor rendimento. A adoção do just in time, da terceirização das operações logísticas, da relação de atrito com fornecedores e o sistema WMS garante que as operações sejam acertadas.

Para refletir sobre o assunto, o debate terá os seguintes integrantes:

Mediador: Danilo Oliveira é repórter na revista Portos e Navios. Especializado em infraestrutura, o jornalista está há oito anos no acompanhando o setor portuário/marítimo e a indústria naval/offshore.

Palestrante: Marcello da Costa Vieira ocupa a função de secretário nacional de Transportes Terrestres do Ministério da Infraestrutura. Com mestre em engenharia de transportes, o tenente-coronel do Exército Brasileiro está encarregado de intermediar as relações de concessão de ferrovias. Ele explicará as estratégias por trás do “Plano do Governo para Ferrovias”.

Palestrante: Marcos Kleber Ribeiro Félix é assessor especial do Ministério da Infraestrutura. Como consultor legislativo do Senado Federal atuou no segmento de assessoramento legislativo em transportes. O engenheiro cartográfico advoga a favor do novo marco das ferrovias. Ele fará considerações acerca dos princípios e do contexto das “Ferrovias Shortline no Brasil: Uma Oportunidade de Desregulamentação”.

Palestrante: Sérgio Paulo Perrucci de Aquino é o presidente da Federação Nacional das Operações Portuárias, FENOP. Com mestrado em tecnologia da informação, o administrador tem vivência tanto na área publica quanta na privada. Ele dissertará sobre a “A Operação Portuária e Atividades Complementares como Estratégia de Desenvolvimento Social e Econômico”.

Palestrante: Carlos Henrique de Luca Ribeiro está na direção de Operações dos Correios. Mestre em Gestão de Conhecimento e da Tecnologia da Informação, o coordenador incumbido de gerir a força tarefa das Olímpiadas de 2016 está na empresa estatal há mais de 30 anos. Ele analisará o panorama de 2020 no que condiz a “Distribuição de Mercadorias em Tempos de Covid-19”.

 

Sessão 04 – Impactos no Transporte Aéreo – 11h10

 

O país terminou o terceiro trimestre com redução abrupta no número de usuários no setor aéreo. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil, a queda representa um índice 76% menor em comparação com o mesmo período do ano passado. As companhias demitiram mais 2,9 mil empregados, segundo o Sindicato Nacional dos aeroviários.

Tal conjuntura será repercutida com os seguintes profissionais:

Mediador: Ronei Saggioro Glanzmann é secretário nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura. O economista trabalhou bastante tempo com políticas regulatórias na área da aviação. O representante do governo federal repercutirá as condições vivenciadas pelo setor em 2020.

Palestrante: Tiago Sousa Pereira está exercendo a função de diretor substituto na ANAC. O mestre em economia tem experiência na área de gestão pública. Com conhecimento da economia do setor público e de infraestrutura, ele vai apontar um diagnóstico sobre a “Aviação Civil Brasileira”.

Palestrante: Júlio Ribas, responsável pelo Savador Bahia Airport, possui amplo repertório no departamento de administração de terminais. O CEO da Vinci Airports apresentará observações sobre o atual “Cenário do Setor Aeroportuário: O Momento Atual e Perspectivas”.

Palestrante: José Ricardo Botelho é CEO da Associação Latino-Americana e do Caribe de Transporte Aéreo, ALTA. O ex-presidente da ANAC, Agência Nacional de Aviação, colocará em voz todo o quadro relativo à “Aviação Latino-americana e do Caribe Decolam”.

Palestrante: Marcelo Oliveira Mota administra as operações da concessionária Aeroportos Brasil Viracopos. A vivência no setor logístico aéreo pelo gestor garante a credibilidade da palestra “Transporte Aéreo de Cargas: Desafios do Comércio Exterior e Perspectivas da Logística Brasileira de Carga Aérea”.

 

Encerramento- 13h

Júlio Cesar Candia Nishida, especialista em Regulação de Petróleo na Agência Nacional do Petróleo, a ANP, finalizará o evento com a palestra “Balanço e Perspectivas para 2021”.

 

Inscreva-se: https://institutobesc.org/eventos/paineis/painel2020/

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui