No dia 12 de abril, a Escola de Guerra Naval (EGN), situada no Rio de Janeiro, teve o privilégio de receber uma importante delegação do National War College, uma renomada instituição de Altos Estudos Militares localizada em Washington, D.C., Estados Unidos. A visita incluiu uma comitiva de professores e alunos, composta por oficiais superiores das Forças Armadas dos EUA e civis de órgãos governamentais, com o objetivo de promover uma troca de conhecimentos e experiências entre as duas nações.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Apresentações e Diálogos Acadêmicos

blank

Durante o evento, o Diretor da EGN, Vice-Almirante Gustavo Calero Garriga Pires, conduziu uma apresentação institucional detalhando a estrutura organizacional, os cursos ofertados e as principais atividades da Escola. Esta sessão foi seguida por uma explanação do Capitão de Mar e Guerra, Professor Doutor William Moreira, sobre o Programa de Pós-Graduação em Estudos Marítimos, que inclui cursos de Mestrado e Doutorado Profissional acessíveis tanto a civis quanto a militares.

Interações Enriquecedoras

Os membros da delegação americana tiveram a oportunidade de interagir diretamente com o corpo docente da EGN, esclarecendo dúvidas e discutindo potenciais áreas de cooperação mútua. A visita também incluiu um tour pelas instalações chave da Escola, como o Auditório Tamandaré, a Biblioteca, e o Centro de Jogos de Guerra. Estas atividades permitiram aos visitantes uma imersão na capacidade acadêmica e operacional da EGN.

Objetivos e Expectativas da Visita

O propósito central da visita foi estreitar os laços entre as duas instituições educacionais militares, proporcionando uma plataforma para o intercâmbio de ideias e aprofundamento das relações acadêmicas e culturais. A interação visa não apenas enriquecer o currículo oferecido por ambas as instituições mas também fortalecer as relações diplomáticas e militares entre o Brasil e os Estados Unidos.

Impacto e Perspectivas Futuras

Este encontro entre a EGN e o National War College sublinha a importância da cooperação internacional no campo dos estudos militares e de defesa. Ele serve como um catalisador para futuras colaborações, que podem incluir intercâmbios de estudantes e professores, projetos de pesquisa conjunta e seminários ou conferências bilaterais sobre temas de segurança global e regional.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).