No dia 09 de abril, a Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo (EAMES) acolheu estudantes do curso de Medicina da Universidade Vila Velha (UVV) para um evento de grande impacto social: o atendimento médico a 400 crianças participantes do Programa Forças no Esporte (PROFESP). Esta iniciativa, que se repete desde 2017, é parte do Programa de Interação, Serviço, Ensino e Comunidade (PISEC) gerido pela UVV, exemplificando uma integração bem-sucedida entre instituições educacionais e programas governamentais de apoio à juventude.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

ATIVIDADES E BENEFÍCIOS DO ATENDIMENTO

Durante a visita, os futuros médicos realizaram uma série de exames essenciais — incluindo ausculta cardíaca e pulmonar, otoscopia, oroscopia, rinoscopia, além de testes de glicemia capilar e avaliações oftalmológicas para acuidade visual e daltonismo. Esses procedimentos são cruciais para a detecção precoce de potenciais problemas de saúde, garantindo intervenções rápidas e eficazes.

Além dos exames, os universitários ofereceram palestras sobre temas vitais como sexualidade, higiene pessoal, e hábitos alimentares saudáveis, direcionadas às crianças, e sessões sobre nutrição e saúde da mulher para os familiares dos participantes. Tais iniciativas educativas são fundamentais para a promoção de um estilo de vida saudável e para o empoderamento das famílias em relação à sua própria saúde e bem-estar.

IMPACTO SOCIAL E AMPLIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA

A assistência prestada pela parceria UVV e EAMES vai além do cuidado médico; ela toca aspectos da vida social e emocional das crianças atendidas, muitas das quais provêm de contextos de vulnerabilidade. Ao oferecer tanto cuidados de saúde quanto educação preventiva, o projeto ajuda a elevar a qualidade de vida dessas famílias, fortalecendo a comunidade como um todo.

UM MODELO DE PARCERIA DE SUCESSO

Este evento é um exemplo brilhante de como as colaborações entre instituições militares e acadêmicas podem resultar em benefícios significativos para a comunidade. Ele não apenas fornece cuidados médicos necessários para jovens em desenvolvimento, mas também cria uma plataforma de educação e prevenção que pode modelar positivamente o futuro de centenas de crianças. Com a continuação dessas parcerias, esperamos ver um aumento na promoção da saúde pública e uma redução nas desigualdades de saúde no Brasil.