Em meio ao vasto oceano de conhecimento que o mundo oferece, os Grupos Escoteiros do Mar Galé e Escoteiros do Mar Almirante Barroso encontraram uma nova rota de aprendizado. Nos dias 12 e 19 de agosto, eles embarcaram no Projeto “Inspetores Navais Mirins”, uma iniciativa da Capitania dos Portos da Paraíba (CPPB). O projeto não apenas abriu as portas do universo marítimo para esses jovens, mas também os conectou com a rica história e as atividades da Marinha do Brasil.

Aprendizado e Diversão nas Águas da Paraíba

09

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Imagine a emoção de cinquenta escoteiros lobinhos ao descobrir os segredos da Marinha do Brasil e as diversas formas de ingressar nessa prestigiada instituição. Mas o projeto não parou por aí! Com atividades dinâmicas, os jovens tiveram a oportunidade de aprender sobre o manuseio de material de salvatagem e as regras para navegação costeira de recreio. Cada curiosidade revelada era uma nova onda de entusiasmo que inundava os corações desses jovens aventureiros.

Fortalecendo a Mentalidade Marítima

A CPPB não apenas abriu suas portas para os escoteiros, mas também reforçou a importância do mar para o futuro da nação. Ao apoiar atividades como o Projeto “Inspetores Navais Mirins”, a Capitania está investindo na próxima geração, fortalecendo a mentalidade marítima e mostrando como o mar é crucial para o desenvolvimento do país.

O Projeto “Inspetores Navais Mirins” é mais do que uma simples atividade educativa. É uma ponte entre o passado, o presente e o futuro, conectando jovens escoteiros ao vasto universo marítimo. E, com o apoio da CPPB, essa jornada se torna ainda mais rica e significativa, preparando os jovens para serem os futuros guardiões das águas brasileiras.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).