Crédito: Freepik

No atual contexto de interconectividade global, a cibersegurança das infraestruturas críticas (IC) é de extrema importância para os setores privado e público. Nesse sentido, com base na análise das diretrizes e normas elaboradas, foram identificadas lacunas que podem dificultar a implementação das medidas de proteção da IC, enfrentando ameaças de todos os tipos, afetando o bem-estar da população, o poder econômico e contribuindo para enfraquecer a reputação de um país. Considerando a natureza dinâmica e a velocidade da evolução tecnológica, este estudo visa levantar subsídios para o aprimoramento da cibersegurança da IC no Brasil, apontando normas a serem elaboradas ou adotadas, boas práticas e ações estratégicas a serem seguidas. A metodologia utilizada no desenvolvimento deste trabalho inicia-se com pesquisa bibliográfica e documental e, por meio de análise comparativa, aponta as normas e iniciativas mais relevantes existentes. É fornecido um diagnóstico da situação brasileira, incluindo pesquisa de campo, proposta de solução e, por fim, discussão analítica das ações propostas.

Leia o artigo completo clicando aqui.

Publicado na revista científica Hrčak.

Autores:

  • Evandro Leonel Pereira; UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Aristides Sebastião Lopes Carneiro; UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Eder Ruschel; UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Marcio De Lima Corcovado; UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Jordan Da Silva Paiva; UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Francisco Eduardo Medved; UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui