Em uma iniciativa tocante, o Serviço de Assistência Religiosa do Comando do 1º Distrito Naval (Com1ºDN) proporcionou, no dia 24 de agosto, uma experiência marítima inesquecível para oito meninas do projeto social “Lar de São José”. Localizado no bairro de Laranjeiras, na Zona Sul do Rio de Janeiro, o projeto tem como objetivo auxiliar crianças em situações de vulnerabilidade social. E, nesse dia especial, as jovens tiveram a chance de conhecer de perto os meios navais e aeronavais em exposição no Espaço Cultural Marinha do Brasil.

Descobrindo o Mundo Naval

A curiosidade e o brilho nos olhos das meninas, com idades entre 5 e 13 anos, eram evidentes enquanto exploravam os compartimentos do Submarino Museu Riachuelo. A visita guiada permitiu que elas conhecessem um pouco mais sobre a história naval do Brasil e a importância dos submarinos na defesa do nosso território. Mas a aventura não parou por aí. Após a visita ao museu, elas embarcaram em um passeio marítimo pela Baía de Guanabara, uma das mais belas paisagens do Rio de Janeiro.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Navegando pela Baía de Guanabara

O passeio pela Baía de Guanabara proporcionou às crianças uma visão única da orla carioca. Com o vento no rosto e a sensação de liberdade, elas puderam contemplar a cidade maravilhosa de um ângulo diferente, navegando pelas águas tranquilas da baía. A ação, além de educativa, teve um forte impacto emocional, mostrando às meninas um mundo de possibilidades e sonhos que o mar pode oferecer.

Ações como essa, promovidas pelo Serviço de Assistência Religiosa do Com1ºDN, são essenciais para proporcionar momentos de alegria e aprendizado para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. Ao abrir as portas do mundo naval para essas jovens, o projeto reforça a importância da inclusão e da educação, mostrando que o mar, além de ser uma fonte de defesa e riqueza para o país, também pode ser um instrumento de transformação social.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).