Cascavel (PR) – A 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada – Brigada Guarani – recebeu o primeiro lote da nova viatura VBMT-LSR 4×4, viatura blindada multitarefa leve sobre rodas. O modelo foi escolhido com o objetivo de aumentar a capacidade operacional do Exército Brasileiro, e será inicialmente utilizado por Pelotões de Exploradores para o reconhecimento do terreno. A entrega do lote com 9 viaturas das 32 viaturas foi realizada na manhã do dia 11 de agosto, a cargo do 15° Batalhão Logístico.

A viatura tem um nível de blindagem elevado de proteção, motor a diesel, transmissão automática de seis marchas e capacidade de carga de 1.200 kg. Os veículos são equipados com Sistemas de Armas e Sistemas de Comando e Controle, e com o sistema Run-Flat, que permite ao veículo se mover mesmo com os pneus completamente vazios.

A viatura blindada é fabricada com vários componentes nacionalizados. Ela tem 5,50 m de comprimento, 2,05 m de largura e 1,95 m de altura, pesa em torno de 6,5 toneladas e possui entre-eixos variáveis. Robusto, o novo veículo tem alta mobilidade comprovada em diversos tipos de terrenos, com alta performance e excelente autonomia. A viatura já foi adotada por vários países que fazem parte da OTAN, entre eles Itália, Espanha, Bélgica, Áustria, Inglaterra e Noruega, e já foi utilizada em missões no Afeganistão, Líbano, Kosovo e Chade.

A aquisição faz parte do Projeto Estratégico Guarani, que tem por objetivo transformar as organizações militares de Infantaria Motorizada em Infantaria Mecanizada e modernizar a Cavalaria do Exército. O modelo foi projetado para oferecer uma ampla variedade de aplicações, incluindo posto de comando, reconhecimento, patrulha, plataforma de sistemas de armas leves, evacuação médica, entre outras. A viatura ainda é compatível com os recursos de direção de imagem térmica e óculos de visão noturna.

Fonte: 15° Batalhão Logístico

Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui