No dia 11 de abril, o 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Sul (EsqdHU-51), uma unidade integral ao Comando do 5º Distrito Naval, realizou um voo de adestramento focado em Evacuação Aeromédica. Este treinamento envolveu 11 alunos da turma de Médicos Guardas-Marinha do Serviço Militar Obrigatório e 10 destacados alunos da Turma I/2024 de Estágio de Instrução e Adaptação para Marinheiros Recrutas do Núcleo de Formação de Reservistas Navais do Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio Grande.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Objetivo do Adestramento

O principal objetivo deste adestramento foi familiarizar os participantes com as operações críticas de evacuação médica por via aérea. Esta forma de evacuação é essencial para transportar militares ou civis que estejam feridos ou doentes, desde locais de combate ou áreas com recursos médicos limitados até instalações onde possam receber cuidados médicos adequados.

Experiência Prática Inestimável

blank
Médicos Guardas-Marinha e Alunos destaques da Turma I/2024 de Estágio de Instrução e Adaptação para Marinheiros Recrutas

Durante o voo, os futuros Médicos Oficiais e Marinheiros vivenciaram situações práticas operativas, essenciais para a salvaguarda da vida humana no mar. Estas experiências são fundamentais para prepará-los para atuar eficientemente em situações reais de emergência, onde a rapidez e eficácia das ações de evacuação aeromédica podem significar a diferença entre a vida e a morte.

Impacto do Treinamento

O adestramento proporcionou aos alunos um entendimento profundo das dinâmicas e desafios das operações de resgate aeromédico. Através deste exercício, eles não apenas aprimoraram suas habilidades técnicas mas também fortaleceram suas capacidades de tomar decisões rápidas e precisas em ambientes de alta pressão.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).