Em um ato de solidariedade e comprometimento, a 16ª Brigada de Infantaria de Selva (16ª Bda Inf Sl), em colaboração com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), realizou uma operação humanitária crucial na região de Tefé, Amazonas. Esta ação, coordenada pelo Comando Conjunto AMANACI, teve como objetivo mitigar os efeitos devastadores da seca severa que afetou a área, demonstrando uma união notável de esforços entre as forças armadas e órgãos de conservação ambiental.

Alívio Concreto para as Comunidades Ribeirinhas

Snapinsta.app 419998526 841043804700338 4184026066150043891 n 1080

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A operação resultou na entrega de 65 toneladas de alimentos às comunidades ribeirinhas, um suporte vital para as populações locais gravemente impactadas pela seca. A jornada para entregar os mantimentos cobriu uma distância impressionante de 1.873 km, um testemunho da determinação e do compromisso das tropas e do ICMBio em alcançar as comunidades mais remotas e necessitadas.

Compromisso com a Ação Humanitária

Esta iniciativa exemplifica o papel das forças armadas e das instituições ambientais não apenas na proteção e segurança, mas também no suporte humanitário. A ação coordenada pelo Comando Conjunto AMANACI reflete um compromisso profundo com os valores de solidariedade e responsabilidade social, destacando a importância da ação conjunta em tempos de crise.

Legado de Solidariedade e Esperança

A entrega das 65 toneladas de alimentos em Tefé não é apenas uma resposta imediata às necessidades urgentes da população, mas também um símbolo de esperança e apoio contínuo. Essas ações fortalecem o vínculo entre as forças armadas, instituições ambientais e as comunidades que servem, promovendo uma cultura de solidariedade e cooperação em todo o Brasil.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).