A Academia da Força Aérea (AFA), localizada em Pirassununga, São Paulo, promoveu na última quinta-feira (25/05) o Simpósio das Aviações e da Infantaria 2023. Organizado pelo Comando de Preparo (COMPREP), o evento teve como público-alvo os Cadetes do Curso de Formação de Oficiais Aviadores e de Infantaria. O principal objetivo foi apresentar o atual contexto e as projeções das Aviações e Unidades de Segurança e Defesa da Força Aérea Brasileira (FAB), fornecendo aos cadetes uma visão ampliada das atividades operacionais que eles irão desenvolver após a formatura.

O Poder do Conhecimento e da Preparação

blank

O Brigadeiro do Ar Alessandro Cramer, Chefe da Subchefia de Preparo de Operações Aéreas (SPOA), falou sobre a importância do Simpósio para os Cadetes. Ele enfatizou a necessidade de passar conhecimentos sobre a progressão operacional da carreira que eles seguirão, possibilitando assim, que tenham as melhores opções de carreira e se dediquem a torná-las realidade. O Comandante da Academia da Força Aérea, Brigadeiro do Ar Marcello Lobão Schiavo, ressaltou a importância do evento para os cadetes, permitindo-lhes contato direto com as unidades aéreas onde servirão, os diferentes ramos da Infantaria e as unidades de defesa.

Representantes e Exibições Notáveis

O Simpósio contou com a presença de representantes dos Esquadrões de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (IVR), Caça, Asas Rotativas, Busca e Salvamento, Transporte e das Unidades de Infantaria. Oito aeronaves, pertencentes a esquadrões das diversas aviações da FAB, estiveram em exposição no pátio da AFA, proporcionando aos cadetes a oportunidade de conhecer cada uma delas e interagir com os pilotos e a tripulação. O encerramento do evento foi marcado por uma demonstração aérea da Esquadrilha da Fumaça.

A Importância do Contato Direto e a Expectativa dos Cadetes

O Líder do Corpo de Cadetes da Aeronáutica, o Cadete Aviador Kleyber Augusto Pedrotti, falou sobre a importância da experiência do Simpósio, destacando a relevância de ter um contato direto com as Unidades Aéreas de Defesa. Para ele, esta é uma oportunidade fundamental para entender melhor a missão que irão realizar após a formatura e fazer a melhor escolha para a carreira que seguirão na FAB.