O Diretor do Departamento de Desporto Militar, Major-Brigadeiro do Ar José Isaias Augusto de Carvalho Neto, representou o Ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, na Cerimônia de Anúncio de Patrocínio ao Esporte Brasileiro, pela Caixa Econômica Federal (CEF). A solenidade, com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro, ocorreu no Palácio do Planalto, nesta terça-feira (01).

Na ocasião, o Presidente da Caixa, Pedro Duarte Guimarães, informou que atletas de três modalidades olímpicas e 11 paralímpicas serão patrocinados pela instituição financeira. Ele falou da importância de investir no esporte e mencionou a extensão do apoio ao Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), que reúne atividades de desporto da Marinha, no Rio de Janeiro. O patrocínio da CEF ao CEFAN vai fomentar o esporte paraolímpico.

Foto Cerimônia.jpg

PAAR

O Ministério da Defesa apoia o desporto militar por meio do Programa de Incorporação de Atletas de Alto Rendimento (PAAR). Até o momento, 63 militares atletas estão classificados para a Olimpíada de Tóquio em 17 modalidades. O PAAR, criado em 2008, é desenvolvido em parceria com a Secretaria Especial do Esporte. Os participantes do programa contam com todos os benefícios da carreira, além de disporem de instalações esportivas militares adequadas para treinamento.

Com informações do DDM
Foto: Flickr PR

Marcelo Barros, com informações do Ministério da Defesa
Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui