O Comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior, está na Guatemala para representar o Brasil na 62ª Conferência dos Comandantes das Forças Aéreas Americanas (CONJEFAMER), que acontece até o dia 18 de junho. Este ano, a CONJEFAMER reuniu representantes de 23 países, além de integrantes da Junta Interamericana de Defesa (JID) e da Academia Interamericana de Forças Aéreas (IAAFA).

O objetivo da Conferência é fomentar a cooperação e o apoio mútuo entre as Forças Aéreas Americanas, principalmente para o planejamento de Operações Aéreas em apoio às nações que necessitem de ajuda imediata em virtude de desastres naturais, como terremotos, enchentes, incêndios de grandes proporções, erupções vulcânicas e tsunamis.

Reuniões plenárias e bilaterais

Os representantes se reunirão, nesta quinta-feira (16/06), em sessões plenárias e reuniões bilaterais, para discutir as normas da conferência, os próximos ciclos do evento e estatutos. Os acordos discutidos durante as reuniões bilaterais serão firmados para serem aplicados em prol da ajuda humanitária em situações de desastres naturais. Na ocasião, o Brasil realizou reuniões bilaterais, por exemplo, com Bolívia, Canadá e Estados Unidos.

De acordo com o Oficial de Enlace do SICOFAA, Coronel Aviador Bruno Pedra, entre os temas abordados no evento estão a realização do Exercício COOPERACIÓN XI no Brasil, em 2026, e a aprovação dos anexos Espacial e Médico do Manual de Operações para Ajuda Humanitária do  SICOFAA.

Homenagens

O Sargento Marques, que foi eleito o Especialista em Comunicações do ciclo 2021 – 2022, foi um dos militares brasileiros que tiveram seu trabalho e dedicação reconhecidos. O militar, que estava no evento, falou sobre o recebimento do prêmio. “Fico muito lisonjeado com o prêmio, principalmente por estar representando o nosso País e o nosso grupo de especialistas em Comunicações. Isso só me motiva a continuar mantendo a nossa Estação e a nossa Força Aérea no mais alto nível”, pontuou.

O Brigadeiro do Ar Paulo Roberto de Carvalho Júnior, que ocupa o cargo de Delegado no âmbito do SICOFAA, também comentou sobre a homenagem. “Tivemos a honra de acompanhar a entrega ao Sargento Marques do distinto prêmio ECO do ciclo de 2021 – 2022. Como o Comandante da Aeronáutica disse, ver o militar que representa a Força Aérea com tanto empenho e dedicação receber esse prêmio nos encheu de orgulho”, destacou o Oficial-General.

Na CONJEFAMER deste ano, a Estação de Comunicações do Brasil ainda ganhou o prêmio de mais eficiente do Sistema de Informática e Telecomunicações das Forças Aéreas Americanas (SITFAA), cuja placa foi entregue ao Tenente-Brigadeiro Baptista Junior.

SICOFAA

Criado com o objetivo de promover-te-ás a troca de experiências, conhecimentos e treinamentos que permitam o fortalecimento das capacidades operacionais e profissionais de seus integrantes, o SICOFAA, atualmente, é composto por 21 países, incluindo o Brasil. O Sistema funciona como uma organização apolítica e voluntária, cuja missão é dar suporte às necessidades de seus membros, além de construir laços de cooperação mútua e de interoperabilidade que garantam a eficácia em responder a uma situação de emergência de forma combinada, atendendo às intenções diplomáticas entre os países.

A ideia de reunir as Forças Aéreas Americanas surgiu em 1961, quando os quatorze comandantes fundadores do SICOFAA participaram da 1ª CONJEFAMER. Assim, o dia 16 de abril de 1961, data da realização da 1ª CONJEFAMER, tornou-se o dia do SICOFAA.

Fotos: Força Aérea Brasileira / SICOFAA

Marcelo Barros, com informações e imagens da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui