A Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR) completou 77 anos em 19/03, e para celebrar a ocasião, ocorreram diversas atividades, incluindo premiações a militares que servem na Organização Militar (OM).

No dia 20/03, foi realizada cerimônia que homenageou Graduados, Praças e Civis com o prêmio Destaque ECEMAR 2022. Essa premiação visa reconhecer membros do efetivo por sua dedicação ao trabalho, profissionalismo, assiduidade e elevado grau de companheirismo e criatividade no desempenho de suas funções.

i233239080807534A Sargento Especialista em Desenho Ana Beatriz Daudt e o Soldado Especialista em Administração Michel Rocha de Souza foram premiados. O Sargento Taifeiro Reiverton Jhonata de Sá Vieira foi agraciado com a Medalha Militar de Bronze.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Em suas palavras, o Comandante da ECEMAR, Major-Brigadeiro do Ar José Virgílio Guedes de Avellar, agradeceu o esforço dos homenageados e do efetivo. “Todos os êxitos dos cursos e estágios realizados ao longo desse ano foram possíveis graças ao incansável empenho do corpo docente, instrutores e professores da ECEMAR, apoiados por todos os demais membros de seu efetivo,” afirmou.

i233239085001171Em 22/03, ocorreu o tradicional Encontro de Instrutores, que reuniu professores e instrutores, da ativa e veteranos, que participaram como integrantes do Corpo Docente da ECEMAR ao longo de sua história. Nessa cerimônia, que contou com a presença do Ex-Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista, do Comandante-Geral do Pessoal, Tenente-Brigadeiro do Ar Ricardo Reis Tavares e do Diretor de Ensino da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Sérgio Rodrigues Pereira Bastos Junior, foram apresentados os novos Instrutores da ECEMAR, que receberam das mãos do Tenente-Brigadeiro Baptista o distintivo da nova função.

i233239083707068O Tenente-Brigadeiro Reis e o Major-Brigadeiro Sérgio Bastos foram homenageados pela ECEMAR com a admissão na Ordem de Athena, na condição de Athenas Honorários, pela contribuição em prol das melhorias estruturais da ECEMAR, especialmente no tocante aos recursos humanos e materiais, o que proporcionou para a instituição o aprimoramento dos seus cursos, com a orientação especializada para o aperfeiçoamento dos processos e práticas acadêmicas.

Os Ex-Comandantes da ECEMAR presentes ao evento, Major-Brigadeiro do Ar Antonio Luiz Rodrigues Dias, Major-Brigadeiro do Ar Ricardo José Freire de Campos, e o Brigadeiro do Ar Luís Renato de Freitas Pinto, receberam das mãos do Comandante da Organização Militar (OM) e do futuro Comandante já designado, Coronel Aviador Helmer Barbosa Gilberto, uma homenagem em reconhecimento à dedicação que tiveram durante seus comandos na Escola.

i233239082106155

O Comandante da ECEMAR ainda proferiu uma palestra sobre as atividades atuais da Escola, seus desafios para cumprir a missão e as demandas da Força Aérea Brasileira (FAB) para capacitar os Oficiais Superiores ao preparo e ao emprego do Componente Militar do Poder Aeroespacial, por meio de cursos e estágios de altos estudos militares. Ao final, foi apresentado um vídeo homenageando o Brigadeiro do Ar Clóvis de Athayde Bohrer, instrutor mais longevo presente, com uma mensagem de incentivo aos instrutores.

Sobre a ECEMAR

i233239090801570A ECEMAR é a escola de pós-formação do Comando da Aeronáutica destinada a aperfeiçoar e preparar os Oficiais Superiores para a condução da Força Aérea Brasileira. Estabelecida, inicialmente, em 1946, começou a funcionar com os seus cursos ainda na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, na Praia Vermelha, no Rio de Janeiro (RJ). Em 1947 mudou-se para a sede própria na Rua das Laranjeiras e, posteriormente, em 1953, passou a funcionar na Ilha do Governador, até que, em 1985, foi inaugurada a atual sede, no lendário Campo dos Afonsos. Desde a sua criação, até o ano de 2022, inclusive, a Escola formou, em seus diversos Cursos, 16 Civis e 10.107 Oficiais Superiores, sendo 389 Oficiais de Nações Amigas.

Fotos: Suboficial Fonseca e Soldado Mascarenhas / ECEMAR

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).