Agência FAPESP – A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), por meio do projeto Maré de Ciência, convida professores, estudantes e a comunidade escolar de todo o Brasil a participar do desafio “Oceano na Educação”, uma mobilização nacional para mostrar a conexão e a importância que o oceano tem com a atual realidade.

O Maré de Ciência é uma proposta de difusão científica e engajamento para fortalecer a interface entre ciência, políticas públicas e sociedade. O projeto tem parcerias confirmadas com British Council, Fundação Grupo Boticário, Ministério do Mar de Portugal e Marinha do Brasil.

Para participar do desafio, as escolas deverão desenvolver uma ação de livre escolha sobre o tema Oceano entre julho e novembro de 2020. A equipe do Maré de Ciência dará suporte e materiais e organizará uma rede de contatos envolvendo a escola inscrita e outras escolas no Brasil e no mundo.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Os inscritos terão liberdade total para definir projetos, organizar equipes e cronogramas, assim como para selecionar quais experiências e conquistas querem compartilhar. As escolas deverão desenvolver ao longo de cinco meses um projeto envolvendo pelo menos três disciplinas diferentes.

No dia 16 de novembro de 2020, Dia do Mar, a organização do projeto realizará o Fórum Brasileiro dos Jovens Embaixadores do Oceano. Cada escola indicará três alunos que apresentarão o que a escola fez, os desafios e o potencial de incluir o tema Oceano no ensino fundamental e médio.

Os interessados em participar do desafio deverão fazer pré-inscrição pelo site do Maré de Ciência.

Mais informações em: https://maredeciencia.com.br/ ou pelo e-mail [email protected].

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).