Comandante da Marinha visita o Centro de Análises de Sistemas Navais

blank
Comandante da Marinha e representantes do setor de CT&I na DGDNTM

O Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, acompanhado por membros do Almirantado, visitou, em 11 de março, o Centro de Análises de Sistemas Navais (CASNAV), sendo recepcionado pelo Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha (DGDNTM), Almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen, e pelo Diretor do Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro (CTMRJ), Contra-Almirante Marcelo Gurgel de Souza.

Na ocasião, o Diretor do CASNAV, Capitão de Mar e Guerra Carlos Rodrigo Cerveira, proferiu uma apresentação sobre as soluções de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) desenvolvidas e em fase de desenvolvimento pela Instituição de Ciência, Tecnologia e Inovação e apresentou as instalações da Organização Militar (OM). A comitiva conheceu “in loco” os diversos protótipos de simulação em realidade virtual e aumentada e os seguintes projetos: AOS-BR (Avaliação Operacional do Submarino Classe Riachuelo), SIPLOM (Sistema de Planejamento Operacional Militar), InterC2 (Interoperabilidade de Comando e Controle), SISTRAM V (Sistemas de Informações sobre o Tráfego Marítimo – Versão 5), Apolo (Sistema Gerencial de Logística do Ministério da Defesa) e SIGSAUDE (Sistemas de Informações Gerenciais da Saúde).

blank
Diretor do CASNAV apresenta ao Comandante da Marinha e
aos membros do Almirantado os projetos de CTI desenvolvidos

Consciente da necessidade de evolução tecnológica, o CASNAV estruturou-se com profissionais especialistas em Análises de Sistemas, Modelagem Matemática, artistas gráficos e programadores, sendo uma organização catalisadora do processo de inovação na MB, que busca prover soluções, prioritariamente, nas áreas de Avaliação Operacional, Criptografia, Simulação e Desenvolvimento de Softwares operativos ou de emprego operativo e de Sistemas administrativos. Sob a coordenação do CTMRJ, contribui para otimizar o emprego dos meios navais, aeronavais, de Fuzileiros Navais e centros de comando e controle, por meio de soluções tecnológicas autóctones.

Fonte: Marinha do Brasil

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

Receba nossas notícias em tempo real através dos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
WHATSAPP: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui