A Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) e o Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Comunicações e Controle (1º/1º GCC) – Esquadrão Profeta promoveram, de 11 de maio a 2 de junho, o Estágio Prático Supervisionado dos alunos da 4ª série do Curso de Formação de Sargentos (CFS) – Especialista Básico em Comunicações (BCO). Eles tiveram a oportunidade de realizar uma manobra aerotática, ministrada pelo Esquadrão Profeta, com o objetivo de aprimorar os conhecimentos teóricos e compartilhar experiências de exercícios operacionais.

Os alunos participaram da montagem do shelter (abrigo) e das antenas, da preparação dos equipamentos de telecomunicações e, por fim, posicionaram o estandarte do 1º/1º GCC e o Pavilhão Nacional, demarcando, assim, o local de atuação da equipe. Em seguida, o Comandante do Esquadrão Profeta, Major Aviador Carlos Eduardo Azevedo Alvares, apresentou um briefing para os alunos. O Oficial explanou sobre os equipamentos que são utilizados em campanha, bem como as novas tecnologias desenvolvidas pelos militares do Esquadrão.

Durante as instruções teóricas e práticas, foi abordado o estabelecimento de enlaces seguros em HF (High Frequency), VHF (Very High Frequency) e UHF (Ultra High Frequency). Os alunos estabeleceram um link satelital, viabilizando a comunicação entre o local das atividades na EEAR, em Guaratinguetá (SP), e o Esquadrão Profeta, no Rio de Janeiro (RJ).

Segundo o Instrutor do Galpão de Comunicações, Sargento BCO Pedro Henrique de Castro Antunes, o exercício possibilitou ampliar os conhecimentos sobre as operações de telecomunicações, serviço de telefonia e conexão com as redes Intraer e Internet. “A participação do 1°/1° GCC na EEAR expandiu os conhecimentos dos alunos da especialidade BCO, demonstrando a operacionalidade atual na área de comunicações de curta e longa distâncias, meios transportáveis de comunicação e alarme aerotático. O Esquadrão Profeta não somente ensinou, mas também motivou os futuros especialistas”, disse.

Atribuições

O profissional BCO opera, no solo ou em voo, sistemas e equipamentos de transmissão e recepção de dados e voz. Também identifica os equipamentos eletrônicos de detecção, localização, de combate eletrônico e de navegação, além de analisar, a bordo de aeronaves, a operação dos auxílios à navegação, de aproximação, de pouso e de radiocomunicações.

Operar equipamentos de comunicação de campanha, realizar observação meteorológica de superfície e supervisionar e organizar os arquivos operacionais e administrativos de uma estação de telecomunicações também são funções do especialista em Comunicações.

Fotos: Soldado Rabelo/EEAR

Marcelo Barros, com informações e imagens da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui