A solenidade comemorativa aos 246 anos de atividades da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PMMG), aconteceu no dia 22 de junho, na Igreja do Evangelho Quadrangular de Barbacena (MG). O Comandante Regional, Coronel PM Robson Garrido de Paiva Silva, recebeu convidados e autoridades para a solenidade que condecorou militares e personalidades com a Medalha Alferes Tiradentes, Mérito Profissional e Mérito Militar, sendo esta última nos graus Bronze, Prata e Ouro. A cerimônia ocorreu respeitando-se todos os protocolos previstos para o atual momento pandêmico.

Durante a solenidade foram entregues as medalhas: Alferes Tiradentes, a mais alta comenda da PMMG, destinada a pessoas que prestam relevantes serviços e apoiam a Corporação no cumprimento de sua missão; Mérito Profissional, destinada a policiais militares da ativa, reserva ou reformados por atos de bravura ou ações meritórias; e Mérito Militar (graus Bronze, Prata e Ouro), destinada a militares como reconhecimento aos bons e leais serviços prestados ao longo da carreira. No local, foram colocados painéis pertencentes ao Museu do 9º BPM, com fotos antigas da PMMG contando um pouco a história da Corporação. Além de agraciar os indicados, foram reverenciados os profissionais da saúde em função do trabalho desenvolvido nas ações de combate e enfrentamento à pandemia da COVID-19, e ocorreu também a celebração dos 40 anos de ingresso da mulher policial militar nas fileiras da Corporação.

O Comandante da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), Brigadeiro do Ar Paulo Ricardo da Silva Mendes, foi agraciado com a Medalha Alferes Tiradentes. O Oficial-General descreveu que o recebimento da comenda é fruto de uma parceria entre as instituições em diversas atividades e em todas as esferas. “O recebimento desta comenda é motivo de muito orgulho porque essa Instituição, que tem mais de dois séculos de existência, realmente tem uma história muito rica. E um dos seus principais personagens que fizeram parte da PMMG foi justamente o Alferes Tiradentes que, além disso, é um personagem da história do Brasil como um todo. A Escola sempre se coloca à disposição para apoiar a Polícia Militar, particularmente a 13ª RPM e o 9° BPM, da mesma forma que estas Instituições sempre se colocam à disposição. Então, isso é basicamente um reconhecimento, a concretização desta parceria que perdura por anos e certamente vai continuar durante muito tempo”, concluiu.

A medalha

A Medalha objetiva distinguir as personalidades militares, civis e Instituições que prestam relevantes serviços à corporação nas ações em busca da paz social. Foi instituída pelo Decreto Estadual n° 29.774, de julho de 1989, e é outorgada durante as solenidades de aniversário da PMMG, que neste ano comemora os seus 246 anos.

A comenda constitui-se numa reverência ao protomártir da Independência do Brasil e foi inspirada na significação histórica de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. O valor e exemplo de acendrado amor deste herói à Pátria transcendem as fronteiras do tempo.

A medalha é confeccionada em tom suave de bege, destacando-se ao fundo a figura do Alferes Tiradentes e uma vista panorâmica de Ouro Preto. Na parte inferior, em uma faixa aberta, está inscrito o ano de 1775, que registra a criação do Regimento Regular de Cavalaria de Minas, unidade da qual se originou a PMMG. Acompanham a medalha, além do diploma, a passadeira e a roseta correspondentes.

Fotos: PMMG

Marcelo Barros, com informações e imagens da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui