Entre os dias 7 e 19 de junho, a Força Aérea Brasileira (FAB) realizará o Exercício de Campanha e Logística, Saúde e Intendência Operacional, denominado EXCELSIOR 2024. Este evento significativo é projetado para fornecer assistência médica essencial a comunidades remotas ao longo do Vale do Guaporé, abrangendo os municípios de Santarém, Monte Alegre, Almerim e Breves no estado do Pará. Uma equipe técnica da FAB já concluiu a missão precursora para coletar dados cruciais e organizar a logística necessária para a operação.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Infraestrutura e Capacidade

blank

O Hospital de Campanha da FAB, montado em balsas da Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA), está preparado para atender aproximadamente 1.000 pessoas por dia, com cerca de 100 militares envolvidos diretamente nos serviços de saúde. O Comando do Primeiro Comando Aéreo Regional (I COMAR) e o Comandante do EXCELSIOR 2024, Major-Brigadeiro do Ar José Virgílio Guedes de Avellar, destacam a importância desta operação não apenas para assistência médica, mas também para treinamentos em segurança e defesa operacional.

Colaboração Multidisciplinar

Esta iniciativa conta com a colaboração de entidades renomadas como a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) e a Organização Não-Governamental Voluntários do Sertão. Particularmente, FIOCRUZ conduzirá pesquisas focadas em câncer de colo do útero, visando ampliar o entendimento e o tratamento da doença na região Norte do Brasil.

Inovações Tecnológicas

Um destaque desta edição do EXCELSIOR é a implementação de sistemas avançados para a transmissão em tempo real de imagens de raio-x e outras informações médicas críticas para equipes baseadas em Belém, Manaus e outras localidades. Este avanço tecnológico, descrito pela Diretora do Hospital de Aeronáutica de Belém (HABE), Coronel Médica Ladjane Dantas Bandeira, é um passo significativo para melhorar a resposta médica em ambientes desafiadores.

Complexidade Logística e Benefícios Sociais

O Major Intendente Rafael Freitas de Lima, Comandante do Escalão Móvel de Apoio (EMA), compara a logística do EXCELSIOR à de operações militares, dada a complexidade e a escala das ações planejadas. Além disso, o Capitão Médico Fabio de Queirós Teixeira enfatiza a colaboração com as Secretarias de Saúde locais como crucial para dimensionar adequadamente os esforços médicos e logísticos.

Histórico de Sucesso e Projeções Futuras

O EXCELSIOR segue o sucesso de operações similares realizadas em 2023, que beneficiaram comunidades ribeirinhas em Barcelos e no distrito de Moura, Amazonas. Com a continuação desses esforços, a FAB reafirma seu compromisso com a promoção da saúde e o bem-estar das populações isoladas do Brasil, reforçando a integração nacional e o acesso a serviços de saúde de qualidade.

Marcelo Barros, com informações da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).