Equipar o servidor e, com isso, ofertar-lhes cada vez mais condições de trabalho é uma das prioridades da Secretaria da Ressocalização e Inclusão Social (Seris). Nesse sentido, o secretário da Ressocialização, coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, realizou a entrega, nesta quinta-feira (17), de 20 novas armas de fogo à Polícia Penal de Alagoas.

As carabinas .40 foram adquiridas com recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) e vão fortalecer a capacidade de ação dos policiais penais no âmbito do complexo penitenciário. Para o titular da Seris, a aquisição é de suma importância porque confere ainda mais operacionalidade à Polícia Penal. “A chegada dessas armas vem reforçar o compromisso da gestão prisional com a segurança de todos. E vamos seguir equipando cada vez mais os nossos policiais”, assegurou o secretário.

Representante da empresa Taurus, fabricante do armamento, Vinícius Gonçalves também participou da solenidade e destacou características importantes do armamento. “Trata-se de uma arma moderna, curta, leve e tática, o que facilita bastante o seu manuseio, permitindo também que se acople acessórios como luneta de visão noturna”, explica Gonçalves, acrescentando que todas as armas foram testadas durante visita de gestores da Seris à fábrica da empresa, localizada no Rio Grande do Sul.

Além das carabinas, a Seris também vai entregar, em breve, 20 fuzis T4 calibre 556, 300 coletes e 50 escudos balísticos, cujo processo de aquisição já se encontra em fase de conclusão.

A solenidade de entrega contou, ainda, com a presença dos policiais penais Milton Pereira (chefe especial de gestão penitenciária), Marciano Alex (chefe especial de unidades penitenciárias), Manoel Messias (chefe do Comando de Operações Penitenciárias) e Stênio de Lima (comandante do Grupamento de Escolta, Remoção e Intervenção Tática).

Sala de Imprensa do Estado de Alagoas

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui