PROFESP inicia as atividades em Palmas

No dia 21 de março, a Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins (CFAT), em Palmas, Tocantins, promoveu a cerimônia de abertura das atividades do Programa Forças no Esporte (PROFESP), que haviam sido interrompidas devido à pandemia da COVID-19. Em parceria com as Secretarias Municipais da Educação e do Desenvolvimento Social de Palmas, aproximadamente 100 estudantes das escolas municipais Lúcia Sales, Antônio Gonçalves de Carvalho Filho, Jorge Amado e Maria Júlia serão beneficiados pelo Programa.

O PROFESP é uma iniciativa que utiliza o esporte e a disciplina como ferramentas de inserção social, voltada para crianças e adolescentes, entre 6 e 18 anos de idade, em situação de vulnerabilidade social e regularmente matriculados em escolas públicas. O programa é desenvolvido através da adesão voluntária de Organizações Militares e conta com a participação de profissionais habilitados e a supervisão de um Oficial da Capitania.

Diversas modalidades esportivas, como futebol, handebol, voleibol de areia e atletismo, fazem parte do PROFESP, além de jogos lúdicos como dominó, pique-pega, bobinho, amarelinha e bola queimada. As atividades serão realizadas nas instalações da CFAT, oferecendo aos jovens a oportunidade de desenvolver habilidades motoras, sociais e valores como disciplina, cooperação e respeito mútuo.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A retomada das atividades do Programa Forças no Esporte em Palmas representa um passo importante para a continuidade do apoio às crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social na região. Através do esporte e da disciplina, o PROFESP busca promover a inclusão e o desenvolvimento integral dos jovens, contribuindo para a formação de cidadãos responsáveis e engajados na construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).