Uma comitiva composta pelo Ministério da Infraestrutura, pelo Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER) e pelo Comando-Geral de Apoio (COMGAP) visitou o canteiro de obra da Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA), em Alcântara (MA), no dia 31/10. O objetivo do evento foi verificar o andamento da obra e mensurar as dificuldades encontradas para a execução dos trabalhos pela Instituição no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), localizado no estado do Maranhão.

Participaram da visita o Assessor Especial do Ministro da Infraestrutura, Marcelo de Canossa Macedo; o Vice-Chefe do EMAER, Major-Brigadeiro do Ar Valter Borges Malta; o Chefe da Quarta Subchefia do EMAER, Brigadeiro do Ar Alexandre Hoffmann; o Diretor de Investimentos da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), Eduardo Henn Bernard; e o Adjunto de Planejamento e Logística do COMGAP, Tenente-Coronel Aviador Enzo dos Santos Batista, que se fizeram acompanhar pelo Presidente da COMARA, Major-Brigadeiro do Ar Raimundo Nogueira Lopes Neto.

i22111016265403853

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Na ocasião, o Oficial-General ressaltou a importância dos trabalhos realizados. “Após a conclusão das obras, a infraestrutura aeroportuária do Centro Espacial de Alcântara (CEA) será capaz de lançar artefatos aeroespaciais por meio de aeronaves”, pontuou o Major-Brigadeiro Nogueira.

A comitiva foi recebida pelo Diretor do CLA, Coronel Engenheiro Fernando Benitez Leal. Houve, ainda, uma apresentação dos serviços realizados pelo Vice-Presidente da COMARA, Coronel Aviador Mário Jorge Siqueira Oliveira, bem como sobre o andamento da obra como um todo.

i22111016265003825Dando prosseguimento à visita, os membros da comitiva puderam inspecionar e acompanhar os trabalhos de terraplenagem e da concretagem do pavimento das novas áreas em construção.

A obra no CLA consiste na melhoria logística de acesso ao Centro Espacial de Alcântara (CEA), com a construção de um novo pátio e uma nova pista de taxi, com capacidade de receber aeronaves de grande porte como o Boeing 747 e o Antonov 124. Além disso, está prevista a construção do Terminal de Passageiros (TPS), a fim de facilitar o apoio ao CEA.

O previsto é finalizar a terraplanagem e a concretagem até dezembro de 2022. Já a infraestrutura da obra terá previsão de entrega até dezembro de 2024.

Fotos: COMARA

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).