No dia 26 de abril, a Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO) teve o privilégio de receber o Prof. Dr. Sandro Teixeira Moita, renomado professor emérito da instituição, para uma palestra enriquecedora destinada aos capitães sobre as complexidades e lições tiradas da guerra na Ucrânia. O evento refletiu o compromisso contínuo da EsAO com o aprimoramento e a preparação de seus oficiais para os desafios contemporâneos no campo da defesa e segurança.

Abordagem Multifacetada do Conflito

blank

Prof. Sandro abordou a questão ucraniana sob múltiplos aspectos, destacando sua importância no panorama geopolítico atual. A palestra cobriu desde os antecedentes históricos até as implicações mais recentes do conflito, fornecendo uma análise detalhada das manobras militares, apoio de fogo e os sistemas de comando e controle empregados durante o conflito.

Enfoque na Logística e Tecnologia

Um dos pontos centrais da discussão foi a importância crítica da logística em operações militares, especialmente em um teatro de operações tão complexo e desafiador. Prof. Sandro também destacou como a guerra na Ucrânia tem sido um campo fértil para a observação das capacidades tecnológicas modernas e suas aplicações em combate, refletindo sobre as adaptações necessárias nos métodos tradicionais de guerra devido ao ambiente físico e informacional.

Diálogo e Contribuição para o Aperfeiçoamento

Após a apresentação, o professor emérito interagiu com os oficiais através de um segmento de perguntas e respostas, onde pôde esclarecer dúvidas e expandir sobre certos tópicos de interesse. Sua satisfação em contribuir para a formação e o desenvolvimento contínuo dos capitães foi evidente, assim como sua esperança de ver muitos de seus ouvintes avançando para o Curso de Comando e Estado-Maior no futuro.

EsAO: Um Berço de Líderes Militares

Este evento reitera o papel da EsAO como uma instituição fundamental na educação e no desenvolvimento tático dos oficiais do Exército Brasileiro. A escola continua a ser um lugar onde a prática e a teoria se encontram para formar líderes capazes de entender e responder às dinâmicas complexas do mundo moderno.

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).