Simulador full mission da FHM reproduz condições exatas do local estudado

Representantes da Capitania dos Portos do Amapá visitaram, no dia 31 de janeiro, as instalações da Fundação Homem do Mar (FHM), com sede no Rio de Janeiro para conhecer suas instalações e novas tecnologias, cursos promovidos e simuladores de navegação. A visita teve o objetivo de ampliar e intercambiar conhecimentos na área de segurança do tráfego aquaviário. Na ocasião, foi possível realizar teste de navegação com navios de 201,8 metros de comprimento no Canal do Jari, que liga o Rio Tapajós ao Rio Amazonas, no Amapá (AP).

“Os testes em simuladores são capazes de reproduzir as mais diversas situações vividas por quem trabalha a bordo de uma embarcação, servindo de base para estudos realizados pela FHM e de referência para diversos profissionais do setor aquaviário. Desta forma, contribui para o desenvolvimento da Marinha Mercante brasileira e para as ações de prevenção de acidentes”, ressaltou o Capitão dos Portos do Amapá.

Marcelo Barros, com informações e imagens da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui