Visitantes conhecem de perto a atuação das Forças Armadas na Defesa da Pátria

Entre 2 e 4 de setembro, o Parque da Cidade, em Brasília, foi palco da Exposição da Independência, coordenada pela Marinha, como parte das celebrações dos 200 anos da Independência do Brasil. O evento teve o propósito de fortalecer o patriotismo, resgatar o espírito de civilidade, rememorar a história e cultuar os vultos e heróis brasileiros.

Nos três dias da mostra, os visitantes conheceram as atividades da Marinha, do Exército Brasileiro (EB) e da Força Aérea Brasileira (FAB), além da atuação do Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF), da Polícia Civil, do Departamento de Trânsito, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Federal e da Força Nacional.

apresentacao da banda de musica do grupamento dos fuzileiros navais de brasilia
Apresentação da Banda de Música do Grupamento dos Fuzileiros
Navais de Brasília atraiu a atenção do público

Quem passou pelo local, também pôde ver de perto as embarcações da Capitania Fluvial de Brasília, os blindados usados pelos Fuzileiros Navais e pelo Exército Brasileiro, e uma réplica da aeronave de caça da FAB, o F-39 Gripen. As crianças e adultos participaram de atividades como oficinas de nós e voltas, de segurança de trânsito e de primeiros socorros.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A abertura contou com apresentação da Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais, que veio diretamente do Rio de Janeiro (RJ) e é conhecida por realizar evoluções e formação de figuras enquanto executa dobrados militares e canções populares. Já o encerramento coube à Banda de Música do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília. Houve, ainda, apresentações das Bandas do EB, da FAB e do CBMDF.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).