Na manhã do dia 19 de janeiro, o Comando Militar do Nordeste (CMNE), localizado em Recife, Pernambuco, celebrou a transição de comando em uma cerimônia formal. O General de Exército Kleber Nunes de Vasconcellos passou o comando para o General de Exército Maurílio Miranda Netto Ribeiro, em um evento que contou com a presença de autoridades militares e civis.

Presenças Ilustres na Cerimônia

Passagem de comando 1

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Presidida pelo General de Exército Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, Comandante do Exército, a cerimônia teve a honra de receber o Presidente da República, o Ministro de Estado da Defesa, a Governadora de Pernambuco, além de Oficiais Generais das Forças Armadas e autoridades dos três poderes dos níveis Federal, Estadual e Municipal.

Homenagem ao Comandante Sucedido

Passagem de comando 3 1

A cerimônia iniciou com a inauguração do retrato do General Vasconcellos na Galeria dos Comandantes, uma homenagem à sua contribuição durante o período em que esteve à frente do CMNE. Como comandante, o General Vasconcellos desempenhou um papel vital em operações essenciais para a segurança e bem-estar da população nordestina.

Perfil do Novo Comandante

O General Ribeiro, que assumiu o novo posto em novembro de 2023, tem uma trajetória distinta no Exército Brasileiro. Natural do Rio de Janeiro, ingressou no Exército em 1983 e foi declarado Aspirante a Oficial da Arma de Artilharia em 1986, na renomada Academia Militar das Agulhas Negras.

Expectativas e Desafios Futuros

Passagem de comando 4

Com a posse do General Ribeiro, o CMNE inicia um novo capítulo, onde se esperam contribuições significativas para o avanço das operações militares e ações sociais na região Nordeste do Brasil. A experiência e a liderança do novo comandante são vistas como ativos valiosos para enfrentar os desafios futuros da região.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).