blank
A Saab assinou um contrato para o fornecimento de sistemas e serviços de treinamento vivo para as forças armadas holandesas. A oferta inclui o fornecimento de novos equipamentos e funcionalidades por SEK 727 milhões, com um contrato de suporte de 10 anos de SEK 66,9 milhões/ano. O acordo, avaliado em SEK 1,4 bilhão aproximadamente, oferece a possibilidade de suporte adicional por cinco anos após o período inicial.

O pedido inclui a mais recente oferta de mercado da Saab: o Centro de Treinamento de Combate Móvel (MCTC, do inglês Mobile Combat Training Centre), com funcionalidade aprimorada e novos recursos. Isso inclui o recurso “Mortar and Forward Observer”, que apresenta uma mistura entre treinamento vivo e virtual, também conhecido como treinamento combinado.

Essa novidade abre uma nova dimensão nos exercícios de monitoramento, onde os operadores podem monitorar toda a área de treinamento, bem como soldados específicos em realidade aumentada. A proposta também inclui a última geração de uma plataforma de simulação de veículos, enquanto o pedido de suporte compreende logística integrada e implantável e apoio operacional às forças armadas holandesas.

“O pedido garantirá que o Exército Real da Holanda e o Corpo de Fuzileiros Navais da Holanda sejam equipados com soluções de treinamento inovadoras e flexíveis, com a capacidade de treinamento necessária. Isso permitirá que eles treinem pontos de atenção o mais próximo possível da realidade. Ao mesmo tempo, permanecerão totalmente interoperáveis ​​com a OTAN e outras nações aliadas”, disse Åsa Thegström, head da área de Training & Simulation na Saab.

“Essa é uma solução de longo prazo, que aumentará nossa capacidade de treinamento e garantirá a possibilidade de treinar nossas forças internamente, bem como com nossos parceiros internacionais. Por meio dessa atualização, aumentaremos nosso realismo e flexibilidade de nosso treinamento e melhoraremos a interoperabilidade com nossos parceiros”, afirmou o Tenente-Brigadeiro M. Wijnen, Comandante do Exército Real da Holanda.

As forças armadas holandesas fizeram o primeiro pedido do MCTC para a Saab em 2000. Desde então, a empresa tem fornecido atualizações e serviços de suporte para esse programa, sendo que o atual acordo estenderá a vida útil dele em até 15 anos. Esse contrato também inclui atualizações para as instalações de Terreno Urbano de Operações Militares, que está em operação desde 2004.