Na manhã do dia 18 de maio, no Campo de Instrução Barão de São Borja, o 6º Regimento de Cavalaria Blindado (6º RCB) realizou o tiro real com as viaturas blindadas de combate Leopard 1 A5 BR. Na ocasião, um pelotão de carros de combate do regimento, que é integrante da Força Sul (FORSUL), concluiu a sua fase de adestramento, após realizar suas certificações operacionais no 6º RCB e Centro de Instrução de Blindados.

O tiro foi acompanhado pelo Comandante do 6º RCB, Coronel Fróes; pelo Subcomandante do Regimento, Tenente-Coronel Valadão; pelo Adjunto de Comando, Subtenente Figueiredo; pelo Oficial de Logística da 2ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, Tenente-Coronel Minuzzi; e pelo Oficial de Operações da 2ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, Tenente-Coronel Isaque.

Durante a atividade foram observadas as medidas de prevenção à covid-19.

Fonte: 6º Regimento de Cavalaria Blindado
Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui