Somando forças, governo reforça parceria com o navio-hospital para atender ribeirinhos no Juruá. Foto: Erisney Mesquita/Secom.

Comunidades isoladas dos municípios do Itamaraty, Carauari, Eirunepé, Ipixuna, Guajará, no Amazonas, e das cidades acreanas de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo e Mâncio Lima, todos localizados às margens do Rio Juruá, recebem atendimentos em saúde até o próximo dia 30 de abril do navio-hospital da Marinha do Brasil.

blank
Somando forças, governo reforça parceria com o navio-hospital para atender ribeirinhos no Juruá. Foto: Erisney Mesquita/Secom.

A área da Saúde é prioridade na gestão do governo Gladson Cameli, por isso, na tarde deste sábado, 18, o o navio Dr. Montenegro recebeu a visita do Secretário da Casa Civil Johnatan Donadoni com o objetivo de reforçar o apoio do governo do Estado como um grande parceiro deste importante trabalho realizado pela Marinha do Brasil nos rios da Amazônia.

O secretário destacou a relevância dos atendimentos: “Os serviços aqui prestados, são essenciais, especialmente nos municípios mais isolados, garantindo saúde aos que precisam”, pontuou.

Em visita, Casa Civil do Governo reforça apoio ao navio-hospital Dr. Montenegro. Foto: Erisney Mesquita/Secom

Aguardando o nível do rio subir para realizar os atendimentos em Marechal Thaumaturgo, o comandante Thiago D’Oliveira revelou que sem o apoio do governo os atendimentos seriam inviáveis. Somente em Cruzeiro do Sul já foram realizados 1.200 atendimentos.

Secretário da Casa Civil, reuniu com gestão da Maternidade para definir ações de melhorias no atendimento da unidade. Foto: Erisney Mesquita/Secom

Em seguida, o secretário também realizou visita institucional ao Hospital da Criança e da Mulher, onde foi recebido pela gerente geral da unidade, Iglê Monte. Na oportunidade, o titular da pasta, ouviu as demandas mais urgentes e definiu ações estratégicas para melhorar os serviços da maternidade.

Fonte: Gov. do Acre