Nos dias 27 e 28 de abril, a Capitania dos Portos de Sergipe (CPSE) levou assistência e solidariedade às comunidades de Ilha das Flores e Brejo Grande, através de uma Ação Cívico-Social (Aciso). Esta iniciativa faz parte do esforço contínuo da Marinha do Brasil em contribuir para o bem-estar das populações ribeirinhas e fortalecer os laços com a sociedade civil.

Serviços Prestados e Impacto Comunitário

Durante o evento, aproximadamente 520 atendimentos médicos, odontológicos e de enfermagem foram realizados, proporcionando cuidados essenciais à saúde da população local. Os serviços incluíram consultas médicas, aferição de pressão arterial, testes de glicemia, além de tratamentos odontológicos e orientações sobre higiene bucal. Para além dos cuidados de saúde, foram oferecidos cortes de cabelo e distribuídas cestas básicas e brinquedos para as famílias e crianças das comunidades.

Educação e Segurança na Navegação

A Capitania também se dedicou a promover a educação e a segurança na navegação, com militares da CPSE oferecendo orientações valiosas para as colônias de pescadores locais. Foram realizadas palestras sobre os cursos ofertados pelo Ensino Profissional Marítimo da CPSE, abordando a importância da preservação dos rios e mares. Adicionalmente, esclarecimentos sobre o uso do aplicativo NAVEG foram fornecidos, ferramenta essa que visa facilitar e segurar a navegação na região.

Apoio e Parcerias

Para a realização dessa Aciso, a CPSE contou com o apoio fundamental da Sociedade Amigos da Marinha em Sergipe (SOAMAR-SE), do Serviço Social da Indústria (SESI) e do 28º Batalhão de Caçadores do Exército. Essas parcerias foram essenciais para ampliar o alcance e a eficácia dos serviços oferecidos durante os dois dias de ação.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).