Hoje, Marechal Deodoro, a cidade que viu nascer o primeiro presidente do Brasil, Marechal Deodoro da Fonseca, revive seu papel histórico ao se tornar, por um dia, a capital do estado de Alagoas. Esta ação simbólica acontece em comemoração aos 134 anos da Proclamação da República, um evento que mudou o curso da história brasileira.

A Proclamação da República e o Papel de Marechal Deodoro

Embora a Proclamação da República tenha ocorrido no Rio de Janeiro, foi Marechal Deodoro da Fonseca, filho ilustre desta cidade alagoana, quem liderou o golpe militar que derrubou a monarquia e instituiu a República Federativa e Presidencialista do Brasil. Este ato não apenas transformou a estrutura política do país, mas também marcou o início de uma nova era na história brasileira.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Marechal Deodoro Hoje: Uma Jornada no Tempo

Neste dia 15 de novembro, Marechal Deodoro não é apenas um local de celebração, mas um portal para o passado. Ao sediar o governo estadual por um dia, a cidade não só homenageia seu filho mais famoso, mas também reafirma sua importância na história política do Brasil. É um momento de reflexão sobre as mudanças que ocorreram desde então e sobre o legado deixado por aqueles que moldaram o destino da nação.

Celebrando a História e o Legado

A celebração em Marechal Deodoro vai além da mera recordação de um evento histórico. Ela representa uma oportunidade para os alagoanos, e para todos os brasileiros, refletirem sobre a jornada da nação desde a Proclamação da República. É um dia para celebrar a democracia, a história e o legado deixado por Marechal Deodoro da Fonseca, um legado que continua a influenciar o Brasil até hoje.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).