Em um momento marcante para a preservação da cultura brasileira, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) de Pernambuco destacou as contribuições inestimáveis do Parque Histórico Nacional dos Guararapes (PHNG) na cerimônia de entrega do Prêmio “Mérito Cultural IPHAN/PE – 2023”. O PHNG, reconhecido como o berço da nacionalidade brasileira, tem uma história enraizada nas Batalhas de Guararapes, episódios emblemáticos que uniram brancos, negros e índios na defesa do território brasileiro contra a invasão holandesa.

Liderança e Revitalização: O Trabalho do Tenente Coronel Fábio Menezes

A homenagem ao Tenente Coronel Fábio Menezes, Diretor do PHNG, reflete o reconhecimento de sua liderança e das ações empreendidas para revitalizar e proteger o parque, que foi criado em 1971. Sob sua gestão, o PHNG tem visto um renascimento, com esforços contínuos para manter viva a memória dos eventos que são fundamentais para entender a formação da identidade nacional brasileira.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

O Prêmio de Mérito Cultural: Reconhecimento e Importância

O Prêmio de Mérito Cultural concedido pelo IPHAN/PE não só sublinha a importância histórica do PHNG como símbolo da resistência brasileira, mas também celebra o compromisso constante com a preservação do patrimônio cultural que molda a identidade nacional do Brasil. Este reconhecimento fortalece a missão do parque de conectar as gerações presentes e futuras às raízes históricas do país, promovendo um legado duradouro.

Preservação da História e Cultura Brasileira

A homenagem recebida pelo Tenente Coronel Fábio Menezes e pelo PHNG pelo IPHAN/PE é um testemunho do trabalho nobre realizado para a conservação da cultura e da história da Força Terrestre do Brasil. A Diretoria do Patrimônio Histórico e Cultural, ao parabenizar o Diretor do PHNG, reafirma o valor da história e da cultura na construção da identidade brasileira, sob o lema “HISTÓRIA, CULTURA, BRASIL!”

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).