Google News

Israel Aerospace Industries (IAI) foi selecionada pelo Ministério da Defesa de Israel (IMoD) como a principal contratante e integradora para desenvolver o conceito e as tecnologias para o futuro Veículo Blindado de Combate para as IDF – o Carmel – após a vitória da IAI em uma demonstração das tecnologias entre as principais empresas de defesa de Israel. Na demonstração, as empresas apresentaram seus protótipos e conceitos para o novo veículo das IDF. A demonstração ao vivo, bem-sucedida, de seu veículo de combate blindado (AFV), fez com que a IAI fosse selecionada pelo IMoD para desenvolver a próxima fase do Carmel: desenvolvimento e demonstração de tecnologias para uma equipe de combate multidimensional, que permitirá uma melhoria significativa na manobrabilidade do sistema.

Com a demonstração do Carmel, a IAI desenvolveu e provou um conceito de combate no qual um AFV, com escotilhas fechadas, é operado por uma tripulação de dois homens e pode enfrentar com sucesso os desafios existentes e futuros no campo de batalha. Esta solução é baseada em sistemas automáticos e autônomos que complementam a tripulação de dois homens e operam os subsistemas centrais – planejamento e gerenciamento da missão, consciência situacional, direção e letalidade dos veículos. Essas capacidades permitem que a equipe defina, supervisione e interfira apenas quando houver necessidade, e permite cobrir uma área de interesse mais ampla, enquanto atende, efetivamente, os desafios enfrentados pelas forças de manobra. O sistema tem a capacidade de localizar e destruir alvos com tempo reduzido de exposição e de baixa assinatura, através de aquisição rápida e engajamento efetivo.

O conceito do Carmel é inovador em escala global e chamou a atenção de muitas indústrias e forças armadas em todo o mundo. O programa combina um conceito operacional inovador com as mais recentes e avançadas tecnologias de ponta, que fornecem soluções no campo de batalha do futuro com base em uma pequena tripulação e amplo uso de recursos autônomos, baseados em inteligência artificial (IA), minimizando o risco de vidas humanas e os danos colaterais em uma campanha terrestre, assim como otimizando o gerenciamento da batalha.

O Presidente e CEO da IAI, Boaz Levy, mencionou: “Estamos muito orgulhosos que o IMoD e a Divisão de Forças Terrestres selecionaram o Carmel apresentado e desenvolvido pela IAI. Os princípios centrais por trás do conceito de combate terrestre da empresa incluem coleta de inteligência e aquisição de alvos no campo de batalha, conduzidas de forma autônoma. A solução Carmel, conforme demonstrada pela IAI, traz ao mundo do combate terrestre o conceito de sistema de sistemas projetado pela IAI e, inclui uma combinação de capacidades, sistemas, inovação revolucionária e conexão com o mundo da inteligência artificial como uma capacidade estratégica adicional que as IDF podem usar no futuro campo de batalha. O Carmel permitirá operações terrestres complexas com menos risco para as vidas humanas, o que transformará a estratégia de combate terrestre como a que conhecemos hoje.”

As tecnologias centrais que a IAI está desenvolvendo para as forças de manobra terrestre incluem:

  • Sistema de Comando – o cérebro, encarregado de planejar e gerenciar as missões da equipe de combate de forma autônoma.
  • Sistema de Consciência Situacional – combinando capacidades avançadas nas áreas de radares, SIGINT e eletro-ótica, simultaneamente, localizando ameaças em solo, no ar e outros mais, que se enquadrem no campo de interesse da equipe de combate, classificando alvos em tempo real e diferenciando e priorizando de forma rápida e precisa amigo ou inimigo.
  • Sistema de Letalidade – encarregado de classificar e priorizar alvos em tempo real, alocando a ferramenta letal mais adequada para cada alvo a partir de uma gama de munições à disposição da equipe de combate.
  • Sistema de Mobilidade – encarregado de planejar rotas ideais de avanço para cada um dos veículos da equipe de combate durante as missões.
  • Sistema de Operações – os membros da equipe podem observar o campo de batalha em várias dimensões e, assim, obter um melhor entendimento e uma interface de usuário inovadora permitirá que os soldados recebam as melhores decisões quando tiverem que tomá-las

A Divisão ELTA da IAI é a casa dos sistemas de inteligência e radar de Israel, que desenvolve sistemas estratégicos inovadores, como aeronaves de missão especial, sistemas nacionais de cyber, sistemas robóticos terrestres, defesas contra drones, sistemas de proteção de fronteiras e, muito mais. A IAI é um ponto focal de know-how tecnológico nacional e global nos setores de defesa aérea, radares, satélites, veículos não tripulados, aviação civil e cibernética.