Uma aeronave multimissão KC-390 Millennium da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou, nesta segunda-feira (23/01), da Base Aérea do Galeão (BAGL), com destino à Base Aérea de Boa Vista (BABV) para prestar apoio às populações em território Yanomami, na região de Surucucu (RR). Ao todo, 31 militares da FAB e uma carga de 19 toneladas embarcaram rumo à região que enfrenta uma grave crise sanitária, envolvendo problemas de desnutrição, malária e infecção respiratória aguda.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Lá, a Aeronáutica, sob a coordenação dos Ministérios da Defesa (MD) e da Saúde (MS), vai montar um Hospital de Campanha, onde uma equipe multidisciplinar irá se revezar no atendimento a aproximadamente 700 indígenas, destes 278 pacientes já internados.

Estão compondo a missão, militares médicos das especialidades de Clínica Médica, Ortopedia, Cirurgia Geral, Pediatria, Radiologia, Ginecologia, Patologia, além de enfermeiros, farmacêuticos e técnicos de enfermagem. Para o devido atendimento à comunidade indígena, foram enviados como carga aparelho de raio-x; aparelho de ultrassonografia; farmácia e laboratório, que possibilitam a realização de exames laboratoriais; unidade celular de saúde, com leitos de internação para pacientes ambulatoriais e estabilização de pacientes mais graves que precisem ser removidos para Unidades de Saúde mais complexas; dentre outros.

O Diretor de Saúde da Aeronáutica, Major-Brigadeiro Médico Cloer Vescia Alves, destacou a relevância da missão. “As missões dessa natureza são de caráter extremamente importante para o Sistema de Saúde da Aeronáutica, à medida que a saúde operacional representa uma das missões precípuas, podendo atender às necessidades da sociedade brasileira. É nosso dever ajudar, da melhor forma possível, os mais necessitados e desempenhar o trabalho com máximo profissionalismo”, pontuou o Oficial-General.

Apoio Aéreo

Ainda nesta segunda-feira (23/01) uma aeronave C-97 da Força Aérea realizou o transporte, de Brasília (DF) para Boa Vista (RR), de uma comitiva composta por 13 profissionais de saúde do Ministério da Saúde que vai acompanhar de perto a situação da população da região Yanomami. A FAB tem apoiado, também, com o transporte de cestas básicas para a região. Por meio das aeronaves C-98 Caravan e H-60L Black Hawk, já foram transportadas, somente no final de semana, mais de 4 toneladas de alimentos para serem distribuídos na localidade.

Fotos: DIRSA e Tenente Dantoniele (7°/8° GAV)

Marcelo Barros, com informações da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).