Entre os dias 26 e 28 de abril, o 59º Batalhão de Infantaria Motorizado realizou o acampamento da Instrução Individual Básica (IIB) para os soldados do Efetivo Variável (EV). O exercício aconteceu na área de instrução do Batalhão e teve como principal objetivo desenvolver atributos da área afetiva e aplicar os conhecimentos adquiridos durante as instruções do período básico.

Práticas no acampamento

Durante o acampamento, os soldados do Efetivo Variável tiveram a oportunidade de colocar em prática os conhecimentos adquiridos ao longo do período básico, realizando diversas atividades e exercícios no terreno. Essa experiência permitiu que os soldados desenvolvessem habilidades práticas, como montagem de abrigos, orientação e navegação, além de aprimorar a capacidade de trabalhar em equipe e lidar com situações adversas.

Desenvolvimento de atributos afetivos

O acampamento da Instrução Individual Básica também teve como foco o desenvolvimento de atributos afetivos nos soldados do Efetivo Variável. Esses atributos, como resiliência, liderança, iniciativa e espírito de corpo, são fundamentais para a formação de militares capazes de enfrentar os desafios impostos por missões e operações no contexto atual.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

O acampamento da Instrução Individual Básica, realizado pelo 59º Batalhão de Infantaria Motorizado, representa uma etapa importante na formação dos soldados do Efetivo Variável. Ao proporcionar a oportunidade de aplicar conhecimentos adquiridos em um ambiente controlado e desafiador, o exercício no terreno contribui para o desenvolvimento de habilidades e atributos afetivos essenciais na carreira militar.

Snapinsta.app 343583421 7012425988772699 8843516441017619576 n 1080 Snapinsta.app 344012874 773768000992912 5844873021508327869 n 1080

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).