Caçapava (SP) – Os soldados recrutas do ano de 2022 e os cabos especialistas temporários acabaram de concluir o Estágio Básico do Combatente Aeromóvel, realizado na 2ª Brigada de Infantaria Leve (Aeromóvel), entre os dias 4 e 8 de julho.

O adestramento faz parte da formação básica dos novos militares, tanto os que estão cumprindo o serviço militar obrigatório quanto os que foram voluntários para o serviço do Exército nas especialidades complementares da graduação de cabo, proporcionando a habilitação nas técnicas necessárias para o emprego de pessoal em operações militares características das tropas aeromóveis.

Durante o estágio, os participantes receberam instruções teóricas e práticas sobre técnicas de embarque e desembarque de helicópteros, com destaque para as técnicas de desembarque “fast rope”, “helocasting” e rapel, utilizadas para situações em que não é possível o pouso da aeronave.

As atividades do estágio também incluíram o planejamento, o emprego e a execução de técnicas de orientação e de patrulha, contando ainda com a explanação sobre o emprego da Brigada Aeromóvel em situação de combate.

Fonte: 12ª Bda Inf L (Amv)

Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui