blank
Nessa sexta (11), o presidente da empresa CA (RM1) Carlos Henrique Silva Seixas e o seu diretor Comercial, Nicola Mirto Neto, iniciaram o dia com uma reunião no Palácio Guanabara, com secretário-chefe da Casa Civil do Estado do Rio, Nicola Miccione; o chefe de gabinete do Governador Cláudio Castro, Marco Antônio Simões; e representando o presidente da Eletronuclear, CMG (RM1) Leonam Guimarães, o seu Superintendente de Engenharia, Lucio Ferrari, e o Gerente de Planejamento e Orçamento, Roberto Travassos.
O encontro motivado pelo Deputado Federal Julio Lopes, defensor de pautas energéticas no Congresso, foi para apresentar ao Estado a importância e previsões do Plano Decenal de Energia do Governo Federal, e o quanto o Rio de Janeiro pode ganhar em investimentos e empregos com uma maior exploração do segmento. ☢️
“A Energia Nuclear foi incorporada pela União Européia como Economia Verde. O mundo mudou o rumo nesse sentido. Países como Alemanha e França recuaram e passaram a cuidar do setor Nuclear como um dos seus maiores investimentos dada a preocupação com futuro. Estamos num momento claro e evidente de que a independência energética é um trunfo e uma questão de sobrevivência. E não podemos fingir que isso não é prioridade aqui também. Está na pauta do MME o desenvolvimento do setor Nuclear e o Rio tem que entrar nessa disputa”, afirmou o parlamentar.
Ao final da reunião ficou o convite das empresas para uma visita do Governador e de darem todo suporte e esforço para que juntas contribuam com esse desenvolvimento esperado.