Em uma jornada que transcendeu fronteiras, três sargentos do Exército Brasileiro mostraram que a força e a determinação brasileira não conhecem limites. No último dia 31 de agosto, os Segundos-Sargentos Nathan Dambolena Vaz de Melo Coutinho, Luis Carlos Kipper Spielmann e Thiago Alessandro Ferreira Batalha concluíram com distinção o 1° Curso Avanzado de Liderazgo (ACL-W-1-23) no renomado Western Hemisphere Institute for Security Cooperation (WHINSEC), NCO Academy, localizado em Fort Moore, Geórgia, EUA.

Este curso, que teve uma duração de aproximadamente 8 semanas, reuniu 25 sargentos-alunos de diferentes países da América Latina, criando uma atmosfera de intercâmbio cultural e troca de experiências no campo militar. Entre os graduados, estavam representantes do Exército Colombiano, Hondurenho, Paraguaio e Peruano, criando uma verdadeira amalgama de talentos e habilidades.

Desempenho Exemplar dos Militares Brasileiros

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A participação brasileira neste curso internacional não foi apenas marcante, mas também exemplar. O Segundo-Sargento Batalha não apenas concluiu o curso, mas o fez com honras, sendo premiado como o Graduado de Honra, uma distinção que reflete seu compromisso e excelência durante o treinamento. Não muito atrás, o Segundo-Sargento Dambolena também brilhou, conquistando o segundo lugar e sendo agraciado com o prêmio de Liderança, uma honra que destaca suas habilidades notáveis como líder.

Mas as honrarias não pararam por aí. O Segundo-Sargento Kipper demonstrou que a força brasileira vai além da estratégia e liderança, conquistando o prêmio Sargento de Ferro, uma honraria concedida em reconhecimento à sua excelente condição física. Juntos, esses três sargentos demonstraram que o Brasil tem uma presença forte e respeitável no cenário militar internacional.

Formação de Líderes: O Objetivo do Curso

O Curso Avanzado de Liderazgo tem como principal objetivo a formação de líderes militares capacitados para atuar na função de Adjunto de Pelotão, uma posição que exige não apenas conhecimento técnico, mas também habilidades de liderança e gestão de equipe. Durante o curso, os alunos são submetidos a uma série de testes rigorosos que englobam uma variedade de temas, desde técnicas até táticas militares, sempre com um foco especial na posição de liderança.

Os sargentos-alunos são desafiados a cada etapa, sendo incentivados a desenvolver e aprimorar suas habilidades, preparando-se para assumir posições de grande responsabilidade dentro de suas respectivas forças armadas. O curso, portanto, não apenas forma líderes, mas também contribui para o fortalecimento das relações militares entre os países participantes, promovendo uma troca de experiências e conhecimentos que é benéfica para todos.

Um Momento de Orgulho para o Brasil

Este é, sem dúvida, um momento de grande orgulho para o Brasil. A performance excepcional dos nossos sargentos no curso internacional demonstra que o Brasil possui militares de alta competência, prontos para assumir papéis de liderança e fazer a diferença no cenário global.

Além disso, a participação bem-sucedida no curso serve como um lembrete de que, quando se trata de defesa e segurança, o Brasil está mais do que apto a atuar em cooperação com outras nações, contribuindo para a promoção da paz e da segurança em nossa região e no mundo.

Agora, com novos conhecimentos e habilidades adquiridas, os sargentos brasileiros estão prontos para retornar ao Brasil e aplicar o que aprenderam, contribuindo para o fortalecimento das nossas forças armadas e para a construção de um futuro mais seguro e próspero para todos nós.