Google News

A Marinha do Brasil (MB) e a Polícia Federal (PF), em coordenação com autoridades estrangeiras, interceptaram, na noite de 16 de junho, um veleiro carregado com 4,3 toneladas de haxixe, droga elaborada a partir da planta da maconha.

Durante a ação, foi empregado o Navio-Patrulha Oceânico “Araguari”, que realizou a interceptação e apresamento da embarcação a cerca de 360 quilômetros da costa de Recife (PE). No interior do veleiro, dois tripulantes foram presos e conduzidos para a Superintendência da PF na capital pernambucana.

A operação é decorrente da troca de informações entre as agências internacionais, a PF e o Centro Integrado de Segurança Marítima da MB, com a identificação de que o veleiro teria partido do continente europeu carregado de haxixe.

blank
Navio-Patrulha Oceânico “Araguari” conduziu veleiro até o Porto de Recife
com apoio da Capitania dos Portos de Pernambuco
Crédito: APF João Barconi / Comunicação Social da Polícia Federal

A atuação conjunta entre a Marinha e Agências Federais tem sido intensificada no intuito de assegurar a proteção ao meio ambiente e à segurança nas fronteiras marítimas, em especial na repressão a crimes transnacionais como o tráfico internacional de drogas.

A ação destaca a importância de implementar e fiscalizar o cumprimento de leis e regulamentos, em águas jurisdicionais brasileiras, na Plataforma Continental brasileira e no alto-mar, respeitados os tratados, convenções e atos internacionais ratificados pelo Brasil.

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui