Uma exposição permanente, inaugurada no Comando da Força de Superfície em Niterói, RJ, celebra a participação histórica da Marinha do Brasil (MB) na Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL). O Espaço Memória Força-Tarefa Marítima UNIFIL reúne um rico acervo de fotografias, objetos pessoais dos ex-comandantes, e recordações que narram quase uma década de atuação brasileira na missão.

Homenagem aos Militares da Marinha

2 1
Boina azul do acervo pessoal do Vice-Almirante Salgueirinho

O espaço, idealizado para prestar homenagem aos militares que serviram na FTM-UNIFIL, foi inaugurado na presença de notáveis oficiais, incluindo o Comandante da Força de Superfície, Contra-Almirante Rudicley Cantarin, e o Diretor-Geral do Pessoal da Marinha, Almirante de Esquadra Claudio Henrique Mello de Almeida.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Desafios e Conquistas Documentados

A exposição documenta momentos significativos, como a explosão no Porto de Beirute e os desafios enfrentados durante a pandemia de Covid-19. O Vice-Almirante Sergio Renato Berna Salgueirinho, que comandou a missão durante esses eventos críticos, compartilhou suas experiências e a forma como a MB se adaptou e superou as adversidades.

Brasil no Comando da FTM-UNIFIL

3 0
Comandante da Força de Superfície apresenta a exposição para o Almirante Mello e o Almirante Vazquez, ex-comandantes da FTM-UNIFIL

O Brasil assumiu o comando da FTM em 2011, destacando-se por sua competência e dedicação. Sob a liderança brasileira, a missão expandiu suas capacidades e reforçou seu compromisso com a paz e a segurança na região. Fragatas como a “União”, “Constituição”, “Liberal” e “Independência”, a Corveta “Barroso” e o Navio-Patrulha Oceânico “Apa” foram alguns dos meios empregados pela MB durante a missão.

Abertura ao Público e Educação

A exposição, que atualmente está aberta para visitantes da Marinha, tem planos de se tornar acessível ao público geral em breve. Esta iniciativa é vista como uma oportunidade educativa valiosa para compartilhar a história e os feitos da Marinha do Brasil em uma missão internacional de grande importância.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).