Google News

O Navio-Patrulha (NPa) “Pampeiro”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, iniciou, em 3 de março, a escolta da balsa com cilindro de oxigênio que abasteceu a cidade de Santarém (PA), como parte final da 2º fase da operação de apoio ao reabastecimento de regiões com elevada demanda pelo insumo em decorrência da pandemia de Covid-19.

Na 1ª fase da operação, que se iniciou em 19 de janeiro, o cilindro da empresa White Martins foi transportado de Santos (SP) até Vila do Conde (PA) pelo Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Apa”, sendo abastecido em Belém (PA) com 90 mil metros cúbicos de oxigênio e, em seguida, enviado por balsa até Manaus (AM), sob escolta de navios da Marinha. Após a distribuição do produto aos hospitais da cidade, o tanque retornou a Belém, em 10 de fevereiro, para ser carregado novamente.

Já na 2ª fase, a balsa com o cilindro reabastecido, acompanhada pelo NPa “Pampeiro”, partiu da capital paraense em 24 de fevereiro com destino a Santarém, onde também havia uma escassez de oxigênio. Após abastecer a cidade e contribuir com o sistema de saúde local, a balsa e o “Pampeiro” iniciaram o regresso a Belém, com previsão de atracação dia 6 de março.

Fonte: Marinha do Brasil

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui