Entre 17 de abril e 19 de maio de 2023, o Peace Support Training Centre – PSTC, localizado em Kingston, Canadá, recebeu uma presença distinta do Brasil. A Tenente-Coronel da Força Aérea Brasileira, Luanda dos Santos Bastos, do Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), atuou como instrutora convidada no Curso de Observador Militar das Nações Unidas (United Nations Military Observer Course).

Formando os “capacetes azuis”

blank

O curso abordou conteúdos teóricos e práticos nos módulos de pré-desdobramento (CPTM, em inglês) e nos módulos de treinamento específicos para a função de Observador Militar (STM, em inglês) em Missões de Paz sob a égide da Organização das Nações Unidas (ONU). Os alunos incluíam 16 militares canadenses e dois militares de Brunei, todos preparando-se para servir como “capacetes azuis”, o nome dado aos observadores militares das Nações Unidas.

Um passo em direção à excelência

A participação da Tenente-Coronel Bastos nessa capacitação internacional se alinha perfeitamente com a visão do CCOPAB de se tornar uma referência internacional na promoção da excelência da preparação contínua de recursos humanos nas operações de paz e desminagem humanitária. Sua presença não só eleva o padrão de formação desses futuros “capacetes azuis”, como também destaca a relevância do Brasil no panorama internacional das operações de paz.

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).