O Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) recebeu, no dia 25 de abril de 2023, a visita de uma comitiva do Instituto Meira Mattos (IMM), da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME). O grupo, formado por docentes e alunos civis dos cursos de doutorado e mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Militares (PPGCM), foi acompanhado por dois Oficiais instrutores da instituição de ensino. O objetivo da visita foi proporcionar aos alunos do IMM uma imersão na participação brasileira no cenário internacional, especialmente no que se refere às Missões de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU).

O papel do CCOPAB na preparação para Missões de Paz

Snapinsta.app 343294048 982155746280558 4599615892230985540 n 1080

O Comandante do CCOPAB ministrou uma palestra para a comitiva, enfatizando a importância do Centro na preparação de militares, policiais e civis, tanto brasileiros quanto de nações amigas, designados para missões de paz e desminagem humanitária. Além disso, abordou a capacitação dos contingentes da Força-Tarefa Logística Humanitária (Operação ACOLHIDA) e do preparo de tropas inseridas no Sistema de Prontidão de Capacidades de Manutenção da Paz das Nações Unidas (UNPCRS, sigla em inglês).

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Visita às instalações do CCOPAB

Snapinsta.app 342888750 2359729097521095 6217762052013099822 n 1080

Após a palestra, a comitiva visitou as instalações do CCOPAB, onde os alunos tiveram a oportunidade de interagir com integrantes das Divisões de Avaliação, de Doutrina e de Educação e Treinamento. Essa experiência permitiu que os visitantes compreendessem melhor o funcionamento do Centro e como ele contribui para o desenvolvimento e aprimoramento das habilidades necessárias para o desempenho em missões de paz.

A visita do Instituto Meira Mattos ao CCOPAB evidencia a relevância da participação brasileira no cenário internacional, em particular nas Missões de Paz da ONU. Por meio dessa experiência, os alunos civis do IMM puderam ampliar seus conhecimentos sobre o papel do Brasil nessas missões e a importância do CCOPAB na preparação de profissionais capacitados para atuar nessas operações.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).