blank
Cooperação entre Brasil e Camarões durante a “Guinex-II”

O Grupo-Tarefa (GT) da “Guinex-II”, a bordo da Fragata “União” (F45), realizou exercícios com a Marinha Nacional de Camarões (MNC), no período de 15 a 18 de julho, em Kribi. Anteriormente, o navio havia passado por São Tomé e Príncipe, onde fez ação de presença na Zona Econômica Exclusiva (ZEE), navegando por todo o entorno daquele país.

A Fragata “União” e o CNS Dipikar (P107) realizaram o exercício de abordagem cooperativa no mar. O destacamento de abordagem do GT foi enviado ao navio camaronês para realizar adestramentos com o Grupo de Visita e Inspeção (GVI) daquele navio e, posteriormente, o GVI da F45 realizou a abordagem no P107, a fim de demonstrar os procedimentos utilizados pela Marinha do Brasil (MB) em tal situação. Um oficial do CNS Dipikar acompanhou todo o evento no navio brasileiro.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Os comandantes, oficiais de operações e de comunicações dos dois navios da MNC que, pela primeira vez, atravessarão o Atlântico para participar da Operação “Unitas” e das comemorações dos 200 anos da Independência do Brasil, em setembro deste ano, foram recebidos a bordo da Fragata “União” para reuniões de assessoria no planejamento da travessia. Houve também visitas protocolares às autoridades locais e outros eventos oficiais.

O esforço da MNC para receber, apoiar e operar com a MB demonstra que as ações combinadas proporcionam um sólido ambiente de cooperação entre os países componentes do entorno estratégico brasileiro. A participação de diversos militares camaroneses em cursos de formação no Brasil representa um grande investimento e parceria naquilo que há de mais importante, o material humano.