blank

Google News

Teve início no último dia 21 de abril o Nono Seminário Nacional sobre a Participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial (SENAB). O evento é realizado na Itália e percorre diversos pontos que marcaram a presença da Força Expedicionária Brasileira (FEB) durante o conflito. O Seminário vai até o dia 27 de abril.

Entre no canal do Defesa em Foco no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

A abertura contou com a presença do chefe da Diretoria de Patrimônio Histórico e Cultural do Exército (DPHCEx), General de Brigada Luciano Antônio Sibinel, autoridades italianas, militares e civis brasileiros, incluindo familiares de ex-combatentes da FEB.

A primeira atividade foi realizada no local conhecido como “Marginetta dos Brasileiros”, local onde foi construído o único monumento religioso na Itália, pelos soldados da Força Expedicionária Brasileira. Os “pracinhas” carregavam pedras ao retornarem de saídas inopinadas e assim construíram a capela em homenagem à Nossa Senhora de Lourdes.

Em seguida foi realizada a solenidade de descerramento das placas alusivas à passagem da FEB em Santa Maria a Monte e Montecalvoli. Nesses locais foram construídas duas pontes pela Engenharia da Força Expedicionária Brasileira, sendo a primeira missão operacional da tropa brasileira em solo italiano.

Encerrando as atividades do primeiro dia de Seminário, foi realizada a visita ao “Parco Migliarino San Rossore”. A área foi utilizada pelos diversos escalões da FEB para adaptação, adestramento e recebimento de equipamentos e armamentos, antes de serem empregados no combate.

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército