Em uma demonstração de solidariedade e competência, o Primeiro Esquadrão do Décimo Quinto Grupo de Aviação (1º/15º GAV) – Esquadrão Onça, baseado na Base Aérea de Campo Grande (BACG), concluiu com sucesso uma Evacuação Aeromédica (EVAM) trazendo uma criança de La Paz, Bolívia, para o Aeroporto do Galeão no Rio de Janeiro. A criança, de apenas um ano, precisava urgentemente de cirurgia cardíaca.

Desafios e Superações

BACG 3

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A missão enfrentou desafios significativos, incluindo a operação no Aeroporto Internacional de El Alto, um dos mais altos da América do Sul. A tripulação do Esquadrão Onça e a equipe médica do Grupo de Saúde de Campo Grande e do Hospital Central da Aeronáutica montaram uma UTI a bordo do C-105 Amazonas para assegurar o transporte seguro da criança.

Orgulho e Esperança a Bordo

O Capitão Aviador Vitor Graeff Pilotto, comandante da aeronave, expressou o orgulho da tripulação em realizar tal missão humanitária, salientando a esperança trazida para a criança e sua família. A missão foi marcada por um forte sentimento de gratidão e compromisso com o dever.

Apoio Institucional e Cooperação

A visita da Brigadeiro Médica Ericka Rabello Galhardi, Chefe de Gabinete da Diretoria de Saúde da Aeronáutica, antes do voo, demonstrou o suporte institucional para a operação. A coordenação bem-sucedida entre diversas organizações militares da Força Aérea Brasileira (FAB), incluindo o suporte crucial do GSAU-CG e do HCA, foi fundamental para o sucesso da missão.

Espírito de Cooperação e Dedicação

BACG 11

A Major Médica Ana Maria Da Trindade Castello Branco do HCA enfatizou a cooperação entre as Organizações Militares da FAB e a satisfação em fazer parte dessa missão. A operação reflete a dedicação e o espírito colaborativo da FAB, estendendo seu alcance para além das fronteiras nacionais em missões humanitárias.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).