No dia 4 de agosto, a 2ª Bda Inf Sl teve a honra de receber uma comitiva especial da Escola Superior de Guerra (ESG). Liderados pelo Gen Bda Himário, Subcomandante da ESG, e pelo Brig Hélio, Chefe do Departamento de Estudos da ESG, um grupo de 54 alunos do Curso de Altos Estudos de Política e Estratégia (CAEPE) teve a oportunidade de mergulhar na realidade da defesa de nosso território.

Explorando a ‘Cabeça do Cachorro’

Snapinsta.app 362673411 17991180980166685 5811698120553948811 n 1080
A região conhecida como “Cabeça do Cachorro”, localizada no coração da Amazônia, é de suma importância para a defesa do Brasil. Durante a visita, a comitiva teve a chance de conhecer de perto as atividades desempenhadas por um Pelotão Especial de Fronteira. Estes bravos soldados têm a missão de proteger nosso território, especialmente em áreas sensíveis como a localidade de Maturacá, situada em terra indígena Yanomami. A presença do Exército Brasileiro nessa região não só garante a soberania nacional, mas também protege e respeita as tradições e o modo de vida dos povos indígenas.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Cultura e Sabores da Amazônia

Snapinsta.app 365119963 17991181007166685 2774946814703029669 n 1080
Mas a visita não se limitou a aspectos militares. Os alunos do CAEPE tiveram a oportunidade única de imergir na rica cultura da região. Visitaram uma feira de artesanato local, onde puderam apreciar e adquirir peças feitas pelas mãos talentosas dos artesãos locais. Além disso, degustaram deliciosos alimentos de origem vegetal típicos da selva amazônica, uma experiência sensorial que certamente ficará marcada em suas memórias.

Os Desafios da Defesa Nacional

Snapinsta.app 365139683 17991181034166685 7894771584995624851 n 1080
Para encerrar a visita, uma palestra ministrada pelo Gen Nilton, comandante da 2ª Bda Inf Sl, trouxe à tona os desafios enfrentados pelo Exército Brasileiro na região da Cabeça do Cachorro. A defesa de nosso território é uma tarefa árdua, mas essencial, e é graças ao comprometimento e dedicação de nossos militares que podemos nos sentir seguros e protegidos.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).