Comando Aéreo Sul é reativado em Canoas (RS)

blank

O Comando Aéreo Sul (V COMAR) foi reativado, nesta sexta-feira (16), na cidade de Canoas (RS). Com uma trajetória de 75 anos de história, terá jurisdição e missão de representar o Comando da Aeronáutica (COMAER) nos três estados da região Sul do País. A cerimônia militar foi presidida pelo Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar José Augusto Crepaldi Affonso, e contou com a presença de Oficiais-Generais da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira (FAB), além dos Comandantes, Chefes, Diretores e Prefeitos das Organizações Militares subordinadas ao Comando Aéreo Sul.

Na ocasião, houve, ainda, a transmissão de cargo de Comandante da Ala 3, do Brigadeiro do Ar Mauro Bellintani ao Coronel Aviador Luciano Cantuária Pietrani. Na sequência, o Brigadeiro Bellintani foi empossado no cargo de Comandante do Comando Aéreo Sul. “A data de hoje se reveste de grande importância para a Guarnição de Aeronáutica de Canoas, no contexto do aprimoramento da reestruturação. O V COMAR trabalhará em prol da melhoria contínua por meio da supervisão administrativa e incrementará a representação do Comando da Aeronáutica em toda a região Sul do Brasil”, destacou o Oficial-General.

blank

Para o novo Comandante da Ala 3, Coronel Pietrani, o ambiente operacional e a cultura organizacional alinham-se perfeitamente com o que se espera do aprimoramento da reestruturação da FAB. “Após cumprir minha missão como Chefe do Estado-Maior da Ala 3, tive a honra e o privilégio de ter sido designado para assumir o cargo de Comandante desta jovem, mas já consagrada, Organização Militar. Estou ciente e preparado para os desafios que me esperam, pois contarei com homens e mulheres de alto nível, prontos para o trabalho e para o combate”, destacou o Comandante da Ala 3.

A reativação do V COMAR cumpre a Diretriz do Aprimoramento da Reestruturação do COMAER, cujos objetivos são separar as atividades administrativas das operacionais, elevar o nível de prontidão operacional e a capacidade de dissuasão, além de restabelecer a representatividade da FAB na região Sul.

blankComandantes

O Brigadeiro Bellintani possui MBA em Administração e em Gestão de Processos, além de diversos cursos operacionais. Dentre os principais cargos exercidos em sua carreira estão o de Comandante do Esquadrão Escorpião (1º/3º GAV); Comandante da Base Aérea de Boa Vista; Adido Aeronáutico na Inglaterra e na Noruega; Comandante da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR); e Comandante da Ala 3.

O novo Comandante da Ala 3, Coronel Pietrani, foi Chefe da Seção de Controle e Operações Aéreas Militares, na Base Aérea de Santa Cruz; Chefe da Seção de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos no Primeiro Grupo de Aviação de Caça (1º GAVCA); Operações do Esquadrão Escorpião (1º/3º GAV); Comandante do Esquadrão Pacau (1º/4º GAV); Chefe da Seção de Doutrina da Terceira Subchefia do Estado-Maior da Aeronáutica; e Chefe do Estado-Maior da Ala 3, dentre outras funções.

Histórico do V COMAR

blank

Nove meses após a criação do ministério da Aeronáutica, no dia 25 de outubro de 1941, foram criadas as Zonas Aéreas com a missão de exercer autoridade militar direta sobre todas as forças, serviços, estabelecimentos e atividades aeronáuticas, dentro dos limites geográficos e do espaço aéreo a elas correspondentes.

Em novembro de 1973, com a evolução da atuação da FAB, as Zonas Aéreas passaram a ser denominadas de Comandos Aéreos, e pela portaria nº 125-GM3, de 4 de dezembro de 1973, foi então ativado o Quinto Comando Aéreo Regional (V COMAR), anteriormente denominado “4ª Zona Aérea” e “5ª Zona Aérea”.

Ao longo da história do V COMAR, diversas unidades foram criadas sob sua jurisdição, em virtude da evolução da atuação da FAB. Assim, os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul chegaram ao século XXI sediando mais de 30 unidades de aeronáutica.

blankO QG do V COMAR, com o transcorrer dos seus 75 anos, desempenhou funções administrativas de apoio às unidades operacionais, bem como coordenou as relações institucionais com a comunidade e órgãos dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário até o ano de 2016. Reativa-se em 2021, como parte da segunda fase do aprimoramento da reestruturação, com a nomenclatura de COMANDO AÉREO SUL.

Fonte: Agência Força Aérea

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

Receba nossas notícias em tempo real através dos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
WHATSAPP: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui