Militares em formatura durante a Conferência de Líderes dos Corpos de Fuzileiros das Américas

O Comando da Força Aeronaval, representado pelos 1º Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque (EsqdVF-1), 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-1) e 2º Esquadrão do Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-2), participou, nos dias 25 e 26 de maio, da Conferência de Líderes dos Corpos de Fuzileiros das Américas (MLAC) 2022.

O EsqdVF-1 realizou exercício de Apoio Aéreo Aproximado com a aeronave AF-1B (A4 Skyhawk) durante a demonstração operativa da Força de Fuzileiros da Esquadra, na área de Divisão Anfíbia.

blank
Visão aérea durante manobras realizadas na MLAC

Os EsqdHU-1 e EsqdHU-2 empregaram, respectivamente, as aeronaves UH-12 e UH-15 nas tarefas de Infiltração de Tropa de Operações Especiais por Fast-Rope, em apoio à incursão terrestre de unidades anfíbias da Força de Emprego Rápido.

Durante o exercício, as aeronaves realizaram treinamentos de Escolta Aérea em proveito do transporte e inserção de tropas, bem como participou do Apoio de Fogo Aéreo contra alvos estabelecidos no solo.

A missão foi relevante para a demonstração da capacidade das tropas da Marinha às delegações dos 21 países participantes da MLAC 2022, evidenciando o trabalho em equipe para o sucesso da missão.

Marcelo Barros, com informações e imagens da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui