Câmeras em viaturas da Polícia Militar

O governo de São Paulo vai instalar câmeras em 3 mil viaturas da Polícia Militar. Os equipamentos serão conectados ao sistema Detecta, que faz a leitura de placas rápida de veículos. Assim, será possível identificar carros roubados ou usados recentemente em crimes.

A previsão é que o sistema custe R$ 5,4 milhões por mês, incluindo a instalação das câmeras e a tecnologia de operação. Atualmente, o sistema Detecta conta com 8,4 mil leitores de placas em 4,4 mil pontos do estado de São Paulo.

Os equipamentos instalados nas viaturas vão identificar veículos com registro de roubo, furto ou outro ponto de atenção e alertar os policiais. Isso é possível devido a integração das câmeras com os bancos de dados da segurança pública e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

A licitação para os novos equipamentos deve ser publicada em 2 semanas e as câmeras devem entrar em funcionamento no próximo ano.

Câmeras corporais

O governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, também anunciou que pretende aumentar o número de policiais com câmeras corporais. Segundo ele, atualmente são 8 mil agentes que saem às ruas com o equipamento. “Estamos fazendo a ampliação desse contrato para passar de 10 mil nos próximos meses”, disse.

Agência Brasil
A Agência Brasil é uma agência de notícias brasileira fundada em 10 de maio de 1990 pelo Governo Collor e atualmente é pertencente à Empresa Brasil de Comunicação que administra o conglomerado de mídia do Governo Federal Brasileiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui