O Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha (DGDNTM), Almirante de Esquadra Petronio Augusto Siqueira de Aguiar, e outras autoridades se reuniram no Centro Industrial Nuclear de Aramar (CINA), em Iperó (SP), para discutir o futuro do Programa Nuclear Brasileiro (PNB) e do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB). O encontro contou com a presença do Ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI-PR), General de Exército Marcos Antonio Amaro dos Santos, e o Diretor-Presidente da Empresa Brasileira de Participações em Energia Nuclear e Binacional (ENBPar), Luis Fernando Paroli.

Tecnologia Nuclear e Defesa Nacional

WhatsApp Image 2023 12 08 at 19.16.24

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Durante a visita, as autoridades percorreram as instalações-chave do CINA, incluindo a Usina de Hexafluoreto de Urânio, o Laboratório de Geração Nucleoelétrica (LABGENE) e o Laboratório de Enriquecimento Isotópico. O PROSUB, uma parceria estabelecida entre Brasil e França, foi destacado como um projeto estratégico, refletindo o avanço tecnológico do país em defesa e energia nuclear.

Usos Civis da Tecnologia Nuclear

O encontro ressaltou o potencial de uso dual (militar e civil) da tecnologia nuclear. O Ministro do GSI enfatizou a importância do PROSUB, não apenas para o Programa Nuclear Brasileiro, mas também para aplicações civis, especialmente na medicina nuclear.

Desenvolvimento Econômico e Segurança Energética

O PROSUB e a tecnologia nuclear são vistos como impulsionadores do desenvolvimento econômico do Brasil e da diversificação da matriz energética nacional. A ENBPar destacou a importância do controle do ciclo do combustível nuclear, que inclui a mineração, o enriquecimento de urânio e a fabricação de combustível nuclear, enfatizando a posição do Brasil como líder no processo de descarbonização da economia mundial.